Decreto fecha o comércio em Palmeira das Missões a partir desta quinta-feira

0
73

A Prefeitura de Palmeira das Missões publicou decreto com medidas sanitárias mais rigorosas em virtude do agravamento da pandemia de Covid-19 no município. O documento também reitera o estado de calamidade pública, de acordo com o Decreto Estadual n.º 55.882 de 15 de maio de 2021.

Segundo o prefeito Evandro Massing, está vedado para o funcionamento do comércio não essencial e indústrias o atendimento ao público a partir desta quinta-feira até a próxima terça-feira, dia 9. “Fica autorizado no período o funcionamento apenas das atividades essenciais, como, farmácias, mercados, supermercados, hipermercados, panificadoras (pegue e leve), açougues, hotel, fruteiras, postos de combustível, exclusivamente a venda de combustíveis de gás, até as 20h”, disse.

No decreto publicado na noite de terça-feira, a Administração Municipal cita que o panorama epidemiológico justifica a necessidade urgente da aplicação de protocolos mais restritivos para combater a propagação do novo coronavírus no município. “O aumento exponencial de atendimentos no Centro de Triagem Covid-19, nas Unidades Básicas de Saúde, e aumento na lotação de atendimentos clínicos Covid-19 e na UTI do Hospital de Caridade (HC) de Palmeira das Missões buscamos com essas medidas evitar ao máximo a circulação de pessoas e, com isso, restringir a disseminação do vírus”, disse o prefeito.

No período de 3 a 9 de junho, será permitido o trabalho das prestadoras de serviços na área de saúde (clínicas e consultórios médicos), Secretaria Municipal de Saúde (Unidades Básicas de Saúde, postos de saúde), segurança, assistência social, trânsito, fiscalização da arrecadação, funcionários de empresas públicas ou privadas que estejam trabalhando tendo em vista a necessidade de deslocamento.

O Boletim Epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (2), pela secretaria municipal de Saúde, mostra que nas últimas 24h mais 58 moradores testaram positivo para o Covid-19. Na terça-feira (1), o município contabilizava 402 positivados e nesta quarta-feira (2) o número subiu para 460. O número de moradores em isolamento também aumentou, passando de 147 para 154.

Os 10 leitos de UTI do Hospital de Caridade (HC) estão ocupados por pessoas afetadas pelo coronavírus. Outros três pacientes que necessitam de atendimento na UTI estão aguardando em leitos clínicos.

Com informações: Correio do Povo