Conecte-se conosco

Destaque APP

5 atitudes para se cuidar mais desde já!

Publicado em

em

Quantas vezes você já colocou o outro em primeiro lugar e perdeu o protagonismo da própria vida se deixando sempre para depois? Poderia listar diversos momentos em que isso aconteceu, não é mesmo? A gente entende, pois acontece com muitas pessoas e com grande frequência, colocando como prioridade, principalmente, aqueles que amam: filhos, amigos, marido, mulher, pai, mãe, irmãos… A lista de pessoas importantes para nós costuma ser um tanto quanto extensa, mas e nós? Na escala de importância da nossa vida, em que lugar estamos?

Imagem: Reprodução

É preciso cuidar de si para cuidar do outro, e, quando nos cuidamos, inspiramos os outros a se cuidarem também. Vamos falar mais sobre isso?

Cuidar de si é se enxergar com uma lente de afeto e acolhimento, tendo consciência de quem é, como quer levar a vida e tudo aquilo que deseja viver. Não faz sentido almejar uma vida longa e com qualidade sem colocar como prioridade o autocuidado: um conjunto de diversas atitudes que visam o nosso bem-estar. Para se cuidar, é preciso se ouvir, estar atento às próprias necessidades e buscar desenvolver hábitos que nos fazem bem.

Na correria do dia a dia, tampamos o ouvido para a nossa escuta interna, colocando no volume máximo todas as cobranças e responsabilidades externas. O trabalho, os estudos, os outros… esses parecem ter um autofalante sobre nós, não é mesmo? É claro que todos esses fatores são essenciais na nossa história, mas não a todo e qualquer custo, não quando isso nos custa a nossa saúde e a nossa paz.

Cuidar de si não é ser egoísta, pelo contrário. Quando estamos bem, saudáveis e felizes, somos uma fonte de energia e alegria para aqueles que nos cercam. Somos braços fortes e abertos, estendidos para aqueles que precisam de nós e, mais do que isso, somos fonte de inspiração para que eles também queiram estar bem, saudáveis e felizes.

Movimente-se!

Encontre uma prática de atividade física que te dê prazer, pois, assim, ao mesmo tempo em que cuida da saúde física, também cuida da saúde mental. Tomar essa iniciativa pode melhorar o seu sono, o funcionamento do organismo, a concentração e a autoestima, ajudando a diminuir o estresse e a ansiedade. Pode ser uma caminhada no início da manhã ou treinos intensos no crossfit, o importante é se encontrar naquilo que está fazendo. Assim, deixa de ser uma obrigação e passa a ser um momento de prazer. 

Diga mais “nãos”!

Quantas vezes já se comprometeu com algo que não queria fazer apenas para não desagradar alguém? O problema disso é que negligenciamos as nossas próprias vontades, nos sobrecarregando e nos frustrando. Negar algo a alguém não é tratá-lo com grosseria. Há maneiras muito assertivas e super compreensivas para se fazer isso.

Se conheça mais!

O autoconhecimento nos permite compreender melhor quais são nossas habilidades, capacidades, valores, propósito e virtudes. Nos conhecendo mais, desenvolvemos nossa inteligência emocional, praticamos a resiliência e conseguimos definir nossas metas e objetivos com mais clareza. O acompanhamento psicológico é uma das ferramentas que mais pode nos ajudar nesse tópico. Invista no seu autoconhecimento! (2)

Alimente-se com saúde!

Faça as escolhas certas para o seu prato, valorizando uma composição nutricional balanceada com menos gorduras, sal, açúcar e álcool. Nosso sistema imunológico depende de minerais, vitaminas e aminoácidos para se manter fortalecido. Uma dieta pobre em nutrientes favorece o surgimento de doenças, além de corpo cansado e sensação de esgotamento. Para se alimentar da maneira correta, conte sempre com um nutricionista. (3)

Faça aquilo que te faz bem!

Passeie com o seu cachorro, assista um bom filme, esteja ao lado de quem te faz bem, faça um café quentinho, leia aquele livro que está ensaiando há um bom tempo, aprenda coisas novas, medite, faça uma chamada de vídeo com quem está longe, planeje uma viagem… esses são alguns exemplos do que você pode fazer (ou começar a fazer) com quase nenhum recurso, somente com a sua vontade. 

Se inspire e inspire os outros a se cuidarem, a serem mais felizes e protagonistas das suas próprias histórias. 

Fonte: Vital Atman

Psicóloga Cassiane Antunes
CRP/0730687
Contato: 55 981088397

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque APP

Brasil tem mais de um milhão de casos de dengue este ano

Publicado em

em

Desde o início do ano, o Brasil registrou 1.017.278 casos prováveis de dengue e 214 mortes confirmadas pela doença. Outros 687 óbitos estão em investigação. 

O coeficiente de incidência da dengue no país, neste momento, é de 501 casos para cada grupo de 100 mil habitantes. Os dados são do Painel de Monitoramento das Arboviroses, divulgados nesta quinta-feira (29), em Brasília, pelo do Ministério da Saúde.

Entre os casos prováveis, 55,4% são de mulheres e 44,6% de homens. A faixa etária dos 30 aos 39 anos segue respondendo pelo maior número de ocorrências de dengue no país, seguida pelo grupo de 40 a 49 anos e de 50 a 59 anos.

Minas Gerais lidera em número absoluto de casos prováveis (352.036) entre os estados. Quando se considera o coeficiente de incidência, o Distrito Federal aparece em primeiro lugar: 3.612,7 casos por 100 mil habitantes.

O DF é uma das unidades federativas que decretaram situação de emergência em saúde pública por causa da explosão de casos de dengue. Segundo o governador Ibaneis Rocha, as redes de saúde da capital, tanto a pública quanto a privada, entraram em colapso no atendimento.

Um dos pacientes que tiveram dificuldade ao buscar assistência médica é Januário da Cruz Silva, de 61 anos. Ele trabalha com um caminhão de mudanças, mas há quase uma semana teve de parar com os serviços por conta da dengue. Silva recorreu à Unidade Básica de Saúde (UBS) 1, do Paranoá, região administrativa no DF, depois de procurar, sem sucesso, atendimento médico em um hospital.

“Fui sábado ao posto de saúde, fiz hemograma e constatei estar com dengue. Fui, então, encaminhado para o Hospital do Paranoá. Fiquei quase cinco horas lá, mas acabei não sendo atendido porque, como praticamente não havia médicos, eles só atendiam quem tinha pulseira vermelha de emergência”, disse à Agência Brasil.

A servidora Glaucilene Cardoso, de 44 anos, também levou a filha, Isabella Cardoso, de 9 anos, para ser atendida em uma UBS. A menina foi diagnosticada com dengue e com covid-19. “Por sorte, o caso da minha filha não foi grave, nem para a dengue nem para a covid. Mas, claro, a gente fica sempre preocupada.”

Isabella foi levada à tenda de atendimento montada na Ceilândia, região administrativa do Distrito Federal, e, na sequência, foi diagnosticada e encaminhada para a UBS 7.

“Foram seis dias de tosse, febre e dores nos olhos e no corpo”, descreveu Glaucilene ao citar a mistura de sintomas das duas doenças observada na filha. A servidora elogiou a dedicação das equipes de saúde. “Sempre prestam bom serviço por aqui”, afirmou.

Dia D será sábado

Segundo a ministra da Saúde, Nísia Trindade, o Brasil poderá ter neste ano o dobro de casos de dengue registrados em 2023, que chegou a 1.658.816 casos.

No próximo sábado (2), o Ministério da Saúde – em parceria com estados e municípios – vai realizar o Dia D de combate à doença. Com o tema Brasil Unido Contra a Dengue, serão promovidas ações de orientação para a população sobre os cuidados para evitar a disseminação da doença.

Os principais sintomas relacionados à dengue são febre alta de início repentino, dor atrás dos olhos, mal estar, prostração e dores no corpo. O vírus da dengue pode ser transmitido ao homem principalmente pela picada de fêmeas de Aedes aegypti infectadas.

Seis estados – Acre, Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Santa Catarina e Rio de Janeiro – e o Distrito Federal), além de 154 municípios, já decretaram situação de emergência por causa da doença.

Fonte: Agência Brasil – Colaborou Pedro Peduzzi

Continue lendo

Destaque APP

Brigada Militar prende homem por porte irregular de arma de fogo e apreende máquinas caça níquel/jogos de azar em Tenente Portela.

Publicado em

em

Na noite de quinta-feira (29/02), policiais militares do 7° Batalhão de Polícia Militar (7°BPM), prenderam um homem por porte irregular de arma de fogo, e apreende máquinas caça níquel/ jogos de azar em Tenente Portela.

A ação ocorreu durante abordagem em um bar, e durante a revista foi localizado e apreendido uma arma de fogo, 6 munições intactas calibre 22, 8 máquinas caça níquel, 8 canivetes e 10 facas.

Diante dos fatos, os materiais foram apreendidos, e o preso conduzido até a Delegacia de Polícia.

Edição: Comunicação Social 7° BPM

Foto: Efetivo 7°BPM

Continue lendo

Destaque APP

Quadro clínico de criança atropelada em Coronel Bicaco é estável

Publicado em

em

Conforme atualização de familiares da vítima, a criança que foi atropelada por um veículo nesta quinta-feira em Coronel Bicaco apresenta quadro clínico estável.

A menina sente dores e está internada no Hospital Santo Antônio em Tenente Portela.

O acidente ocorreu no final da tarde desta quinta-feira. Um carro desgovernado atingiu a menina enquanto a mesma andava de bicicleta.

Fonte: Portal Bicaquense

Continue lendo