Após 20 dias, Lázaro é preso em Goiás

0
115

O Governador de Goiás, Ronaldo Caiado, informou em sua conta nas redes sociais que Lázaro Gomes (32) foi preso na manhã desta segunda-feira (28). A megaoperação para capturar o criminoso durou 20 dias e contou com a participação de mais de 270 policiais.

Atualização: foi confirmado que Lázaro morreu após ser baleado durante troca de tiros com as forças de seguranças.

“Acabo de receber neste momento uma informação de todas as equipes que estão na região de Cocalzinho que o Lázaro foi preso”, afirma o governador em vídeo, que exaltou a atuação das forças policiais que participaram da ação.

Conforme a GloboNews, o assassino foi encontrado em Águas Lindas de Goiás, próximo ao Distrito Federal, e teria sido baleado.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Goiás informou que Lázaro será encaminhado para exames Instituto Médico Legal e depois será levado para o presídio de Aparecida de Goiânia.

O criminoso possui uma extensa ficha criminal de mais de 14 anos, desde homicídios, roubos estupros, além de fugir de presídios mais de uma vez. 

“Ta aí, minha gente, como eu disse, era questão de tempo até que a nossa polícia, a mais preparada do País, capturasse o assassino Lázaro Barbosa. Parabéns para as nossas forças de segurança. Vocês são motivo de muito orgulho para a nossa gente! Goiás não é Disneylândia de bandido”, afirma Caiado.