Audiência é suspensa após homem aparecer sentado seminu em vaso sanitário

0
80

Uma audiência da 21ª Câmara Cível do Rio Grande do Sul foi suspensa, na quarta-feira, em razão de uma situação insólita.

Um dos participantes da sessão virtual estava com a câmera ligada no interior de um banheiro. Tão logo os magistrados perceberam, suspenderam a sessão para possibilitar que o homem, que era parte do processo e aparecia seminu sentado em um vaso sanitário, fosse bloqueado.

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) emitiu nota oficial, pela qual reforça que o homem não era magistrado, procurador, advogado ou servidor do Judiciário”.

“Com relação ao episódio ocorrido na tarde dessa quarta-feira, durante sessão de julgamento da 21ª Câmara Cível, em que uma pessoa aparece no banheiro com a câmera de vídeo ligada, cumpre esclarecer que não se trata de Magistrado, Procurador, Advogado ou servidor do TJRS. Trata-se de parte em processo cujo julgamento ainda não havia iniciado, mas que indevidamente se encontrava com a câmera aberta. A sessão foi suspensa e retomada após o imediato bloqueio. As providências cabíveis já estão sendo tomadas para apurar detalhadamente o ocorrido”, diz a nota.

Entre os que participavam da sessão estavam os desembargadores Arminio José Abreu Lima da Rosa (presidente), Marcelo Bandeira Pereira, Marco Aurélio Heinz e Liselena Schifino Robles Ribeiro e os procuradores do Estado Guilherme Valle Brum e Lisiane Dal Pino.

Fonte: CP