Bandido morava escondido no Hospital em Carazinho

0
183

A Brigada Militar de Carazinho confirmou uma denúncia que estava circulando em grupos de WhatsApp na noite desta segunda-feira (27). Circulava pelos grupos a informação de que um paciente do Hospital de Caridade de Carazinho se surpreendeu um estranho mexendo em seus pertences.

A Brigada Militar foi acionada para ir até o local na noite desta segunda-feira (27), e foi realizada uma averiguação do local.

“Realmente, a brigada militar recebeu essa informação agora à noite, foi despachada uma viatura até o HCC, realizadas buscas, mas não acharam ninguém”, respondeu a assessoria de imprensa do 38º BPM.

Porém, a BM confirmou que teria, mesmo, alguém morando escondido em dependências do hospital, onde foi encontrado até um colchão. “A princípio ele fugiu mesmo, ele estaria morando lá, tinha até café, no sótão, acho que estava furtando do pessoal e escondia no sótão, mas não foi localizado, e não tem suspeito”.

Em nota, o Hospital de Caridade de Carazinho se manifestou sobre o ocorrido.

Esclarecimento

Hospital de Caridade de Carazinho, após a repercussão gerada através dos fatos envolvendo um indivíduo que estaria supostamente “morando” no sótão da instituição de saúde, vem esclarecer alguns fatos, os quais foram informados de forma equivocada.

No dia 27 de junho (segunda-feira), um homem de 25 anos deu entrada no hospital para realização de um Raio-X decorrente a uma dor forte no ombro. Ao ser encaminhado para o local da realização do exame, por volta das 18h, o mesmo não foi mais visto.

Por volta das 21h, a equipe administrativa da instituição de saúde foi acionada que haveria barulhos no sótão, e neste momento a Brigada Militar foi acionada de imediato para verificação, mas nada foi encontrado.

Mais tarde, por volta das 23h, a equipe do setor de manutenção do HCC acabou localizando o homem (o mesmo que sumiu na ida ao Raio-X) em um ambiente ocioso da instituição, após o acesso ter sido arrombado. Ele se encontrava desorientado e falando coisas desconexas. A Brigada Militar foi acionada novamente e o indivíduo foi detido.

O colchão encontrado no local, não foi colocado ali pelo indivíduo e já se encontrava no local para descarte.

O autor da invasão é de Carazinho, não possui passagem pela polícia e não estava com posse de drogas ou álcool no curto período que ficou no ambiente. Se tratava de alguém que, possivelmente, teve um surto, mas logo foi percebido por colaboradores e comunicado a Brigada Militar.

Reiteramos que o indivíduo não realizou nenhum furto ou agressão a nenhum paciente ou colaborador.

O Hospital de Caridade de Carazinho, preocupado com a segurança dos colaboradores, pacientes e com aqueles que precisam estar na instituição, possui sistema de câmeras de monitoramento 24h por dia, porteiros capacitados nas suas entradas principais e uma estrutura adequada para melhor atender a todos. Nosso objetivo é cuidar de vidas e diante disso seguimos sérios critérios de segurança. Agradecemos ainda o pronto atendimento da Brigada Militar de Carazinho.
Lamentamos o fato ocorrido e a repercussão equivocada transmitida a população de Carazinho e região.
Hospital de Caridade de Carazinho.

Fonte: Rádio Uirapuru