Cai para dez o número de pacientes internados por Covid-19 no Hospital de Panambi

0
56

Após semanas com a ocupação quase no limite, o Hospital de Panambi apresentou uma queda significativa no número de internados por coronavírus.

O total caiu para dez. Destes, seis estão na Ala Covid e os demais na Unidade Intermediária de Cuidados Intensivos. Os quatro aguardam transferência para UTI e estão intubados em respirador com ventilação mecânica.

No dia 12 de março, o hospital anunciou que havia atingido 95% da capacidade máxima de lotação em todas as alas de internação. Na época, 35 pessoas estavam internadas na Ala Covid, o maior pico desde o início da pandemia e um dos maiores que se tem registro no hospital desde a sua fundação.

Neste final de semana, em nota, a casa de saúde afirmou estar em “nível de alerta máximo” após a Unidade Semi-Intensiva atingir 120% de ocupação com seis pacientes e o abastecimento de insumos para intubação “entrar em colapso”. A casa de saúde havia anunciada que o estoque para abastecer as demandas era para “no máximo três dias”.

O Rio Grande do Sul segue com o sistema de saúde sobrecarregado. Há 3.409 pacientes – 2.574 (75,5%) com Covid-19 – para 3.332 leitos de UTI, ou seja, 77 estão em leitos improvisados. Enquanto na rede pública a taxa de ocupação caiu para 94,5%, na rede privada permanece acima de 122,5%.

Na Região Covid de Ijuí (R13), a taxa de ocupação é de 87,8% na rede pública (com seis leitos de UTI disponíveis) e de 126,3% na rede privada. Dos 67 pacientes, 64 (95,5%) estão diagnosticados com Covid-19. Outro fator preocupante é o uso dos respiradores em UTI, que chegou a taxa de 98,5%, com apenas um sobrando.