Covid-19: confira o calendário de vacinação em Panambi desta semana

0
163

Panambi terá vacinação contra a Covid-19 todos os dias durante esta semana, com foco na aplicação da segunda dose do imunizante. Será em locais diferentes mas nos mesmos horários: das 8h às 11h e das 13h às 15h.

Também será uma oportunidade para as pessoas que já deveriam ter completado o esquema vacinal. Conforme a equipe da Secretaria Municipal da Saúde, aproximadamente 300 pessoas estão com a segunda dose atrasadas. Algumas não querem receber o imunizante reclamando das reações adversas que tiveram ao receber a primeira dose.

Nesta segunda-feira (30) foi a vez das pessoas vacinadas com a AstraZeneca no dia 17 de junho receberem a segunda dose para completar o esquema vacinal. Antes da vacinação começar, dezenas de pessoas aguardavam nas portas do auditório da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, na Rua Andrade Neves 594.

Na terça-feira (31), será realizada a aplicação da primeira dose em pessoas com mais de 18 anos. Será na ESF Centro, localizado na Rua Holanda 500.

E na quarta-feira (1/9) será aplicada a segunda dose em pessoas vacinadas com a CoronaVac no dia 4 de agosto. Além disso, pessoas com a segunda dose desta vacina atrasada poderão comparecer para completar o esquema vacinal. Será no Centro Comunitário do Bairro Arco-Íris, na Rua Ibirubá 41, ao lado da ESF Arco-Íris.

na quinta-feira (2/9), pessoas vacinadas com a Pfizer nos dias 22 e 24 de junho ou que estão com a vacinação atrasada devem fazer a segunda dose. Será na ESF Centro, localizado na Rua da Holanda 500.

Por fim, na sexta-feira (3/9), a segunda dose será feita nas pessoas vacinadas com a CoronaVac no dia 7 de agosto. Quem está com a vacinação em atraso também poderá comparecer. Será no Centro Comunitário do Bairro Arco-Íris.

E os adolescentes?

Conforme a Prefeitura de Panambi, o Ministério da Saúde orientou a vacinação em adolescentes de 12 a 17 anos após toda a população adulta estiver vacinada. Apenas a Pfizer será aplicada pois foi a única vacina aprovada pela Anvisa para este público. Desta forma, o município deverá aguardar antes de ampliar a imunização contra a Covid-19 a esta faixa etária.