Covid-19: Panambi registra 108° morte e mais de 300 casos ativos

0
32

Panambi segue registrando alta nos indicadores da Covid-19, demonstrando que a situação é de risco. Nesta quinta-feira (10), o Centro de Operações de Emergência da Saúde confirmou mais uma morte em decorrência da doença, a sexta registrada nesta semana.

A vítima é mulher de 82 anos que estava internada. A Secretaria Municipal da Saúde não divulgou em qual hospital a vítima estava e nem quanto tempo permaneceu.

Este é o 108º óbito registrado no município desde o início da pandemia.

A região registrou outros três óbitos, dois em Ijuí e outro em Coronel Barros. Conforme a 17ª Coordenadoria Regional da Saúde, o total sobe para 513.

Estabilidade de risco

O número de casos confirmados no município continua a apresentar estabilidade. No entanto, a quantidade permanece alta, com quase o dobro registrado diariamente no mês de maio.

Ao todo, 61 pessoas testaram positivo para a doença, 30 homens (1 a 82 anos) e 31 mulheres (1 a 80 anos).

Com os novos casos, o total de moradores infectados desde o início da pandemia aumenta para 5.634. Destas, 5.209 (92,4%) são consideradas recuperadas.

Ao todo, 210 novas contaminações foram confirmadas na região nesta quinta-feira. Panambi liderou o número de casos, seguido por Ijuí, com 27 e Catuípe com 18. Condor registrou 13, conforme os dados da 17ª CRS.

Internações

Apesar do aumento de casos, o número de internações na Ala Covid do Hospital de Panambi apresentou uma queda. Conforme a Secretaria Municipal da Saúde, há 17 pacientes diagnosticados com a doença.

Destes, três estão na Unidade de Tratamento Intensivo, que após dias lotado apresenta redução de internações. Os demais, 14, estão na enfermaria.

Há ainda quatro panambienses internados na UTI do Hospital da Unimed (3), em Ijuí, e no Hospital Santa Lúcia (1), em Cruz Alta.

UTI

Dos 73 leitos de UTI disponíveis na região, 67 estão ocupados. Ou seja, seis estão livres.

Do total de pacientes, 46 (68,7%) estão diagnosticados com Covid-19.

A rede pública (SUS) apresenta taxa de ocupação de 92,6% (50 pacientes para 54 leitos). Já na privada a taxa é de 89,5% (17 pacientes para 19 leitos).

Por Julian Kober