Eleições em Panambi: apenas três vereadores foram reeleitos

0
42

Legislativo de Panambi terá renovação de 76,9%

Dos nove vereadores que tentaram se reeleger nas Eleições 2020, apenas três conseguiram o número de votos necessários. Gustavo Cavalheiro (PSD), Clarice Morche (PDT) e Pastor Colombo (MDB) são os únicos que seguirão atuando no Legislativo de Panambi pelos próximos quatro anos.

Porém, Ernani Borowski (MDB), Lauro Michels (MDB), Milton Aranha (PDT), Mirian Dallabrida (MDB), Serchaple (PDT) e Vandi (PL) não obtiveram a quantidade de votos necessária não retornaram. Destes, somente Vandi não será suplente.

Outros quatro vereadores não participaram do pleito: Henri Markus (PDT), candidato a vice-prefeito pela coligação “Juntos Para Panambi Seguir em Frente” (MDB, PDT, PSL e PL); Ibraim Chagas (PSD), candidato a vice-prefeito pela coligação “Panambi para todos” (PSC e PSD); Paulo Sérgio, candidato a prefeito pela coligação “Panambi pode mais” (PT); e Leo Almeida (PP).

Assim, a Câmara de Vereadores de Panambi terá uma renovação de 76,9%. Os novos candidatos eleitos são:

Rochinha (PP) – 822 votos válidos (3,43%)

Faustão (PP) – 742 votos válidos (3,09%)

Claudio Dias (MDB) – 694 votos válidos (2,89%)

José Luiz (PP) – 576 votos válidos (2,4%)

Dilceu Bom Gosto (DEM) – 509 votos válidos (2,12%)

André Klos (MDB) – 499 votos válidos (2,08%)

Merilin (MDB) – 466 votos válidos (1,94%)

Derli Franco (PDT) – 449 votos válidos (1,87%)

Claudio Motta (PT) – 403 votos válidos (1,68%)

Marcelo Hartemink (PSB) – 308 votos válidos (1,28%)

Com a renovação, a administração municipal passa a ter menos aliados a partir de 2021. Até então, o Executivo contava com oito vereadores de situação, quatro do MDB e quatro do PDT.

No entanto, a partir do ano que vem, deixará de ter a maioria e passará a ter seis, enquanto a oposição terá sete.

Queda no número de votos

Dos nove vereadores que disputavam a reeleição, oito apresentaram queda no número de votos. Gustavo Cavalheiro (PSD), o candidato com maior número de votos neste pleito, 1.053, fez 180 a menos que nas eleições de 2016. Ernani Borowski (MDB), o Polaco, fez 521 votos a menos. Já o Pastor Colombo fez 1.016 votos a menos. Somente Clarice Morche (PDT) fez mais votos que no pleito anterior, 478 a mais.

Os suplentes

Confira a lista dos candidatos que ficaram na lista de suplentes:

Antonio Pompeo (PSD) – 505 

Boneca (DEM) – 428 

Enio Schmitz – 379

Leomar do Trânsito (MDB) – 353

Rafael Zimmermann (PSD) – 326

Chico Leandro Berghahn (PT) – 320

Prof. Arze Paula (MDB) – 312

George Stiegemeier (MDB) – 290

Sargento Adair (MDB) – 286

Luis Binello (PSB) – 261

Leisiane Martins (PSB) – 261

Paulo Roberto dos Vídeos (PT) – 242

Prof. Solange Rabuske (MDB) – 236

Locutor (PP) – 229

Dilson de Avila (PP) – 220

Gregui (PSB) – 211

Beto Sucata (PSB) – 203

Tenente Simon (PP) – 196

Lucia da Saúde (PP) – 193

Dani Azevedo (PDT) – 184 

Claudinho (PSD) – 173

Altair Jose Bugre (PDT) – 170

Ademir Jantsch (MDB) – 166

Marta da Reciclagem (DEM) – 163

Eliara Ramos Steinhorst (PDT) – 149

Prof. LEandro Roth (MDB) – 141

Pastora Lizi (DEM) – 141

Nedio Morgenstern (DEM) – 134

Arlindo Loose (PP) – 127

Leandro Rangus (DEM) – 115

Prof. Maria Inaja (PT) – 102

Quevedo (DEM) – 96

Marlene Biron (PP) – 93

Anderson Kaiser (PSB) – 92

Tania Petry Pletsch (PT) – 91

Inês (PSD) – 86

Diego Ardenghi Koki (DEM) – 84

Alex Borchardt (PT) – 83

Professor Selso (PSB) – 79

Elenai Straesser (MDB) – 79

Valdemar Zimmermann (PT) – 67

Sabela (DEM) – 65

Mery Dhein (PT) – 63

Prof. Claudia Schollmeier (PT) – 56

Daniel Farias (PT) – 56

Nico Pautz (DEM) – 54

João Luiz Padilha (PDT) – 53

João Aldino Oliveira Côco (PT) -51

Roberto Roza (PSB) – 51

Miriam Gari (DEM) – 34

Beti da Saúde (PT) – 32

Solange Silva (PP) – 32

Ivone Assmann (PSB) – 31

Rubens (PDT) – 31

Adriano de Matos Alves (PSD)  – 30 

Alceu Ernani Behm (DEM) – 28

Maíze Kuhn – 28

Luciana Herder Alemoa (PT) – 27

Cleonésio Garcia (PSB) – 25

Ana Dessbesell (PSD) – 23

Ronaldo Sotel (PSB) – 23

Deise Peixoto (PSB) – 22

Vanusa Gamst (PT) – 20

Dóris Reusch (PSB – 18

Natalicia (DEM) – 16

Ronaldo Santos (PT) – 15

Dilon Dill (DEM) – 14

Kellin Brazilista (PSB) – 14

Evoli (DEM) – 13

Lourdes Hauenstein (DEM) – 10

Wilmar Wegner (DEM) – 9

Teresa Baecker (DEM) – 8

Raul Seixas (PSB) – 8

Tiago Mesadri (PT) – 8

Deise Lopes (PSB) – 6

Diltania Alves (MDB) – 5

Jocelia Oliveira (PP) – 1