Em poucas horas, vaquinha online pra trazer os corpos de Jesse e Shurastey para casa atinge meta de R$ 120 mil

0
98

Uma vaquinha virtual para arrecadar R$ 120 mil para o translado dos corpos de Jessé Koz, de 29 anos, e do cachorro Shurastey, dos Estados Unidos para o Brasil, foi aberta na noite desta terça-feira, pelo perfil do Instagram Enjoytripbr, do casal de viajantes brasileiros Diego e Roana. Em poucas horas o valor foi atingido.
O casal ainda diz que “foi uma linda jornada, uma história que inspirou a todos e um legado que será sempre lembrado”.
As doações, de qualquer valor, foram feitas pela chave Pix, na modalidade e-mail: [email protected]
Jesse e o dog morreram num acidente na segunda-feira, em Portland, a caminho da fronteira dos Estados Unidos com o Canadá. Tutor e o dog seguiam para o Alaska quando Jesse perdeu o controle do Fusca numa curva e sofreu o acidente fatal.

Foto da rede Instagram

Amigos, políticos e famosos lamentaram nas redes sociais a morte de Jesse Koz, de 29 anos, conhecido por viajar o mundo com o cachorro dentro de um fusca, com placas de Balneário Camboriú. O golden retriever Shurastey também morreu no acidente de trânsito nos Estados Unidos, na segunda-feira (23). O cão tinha 6 anos e era uma celebridade na internet com mais de 500 mil seguidores no Instagram.
Em uma rede social, Fernanda Tavares, amiga próxima de Jesse, agradeceu o carinho recebido dos seguidores do aventureiro, que era acompanhado por mais de 400 mil pessoas no Instagram.
Mais conhecido nas redes sociais como Jesse Koz, ele viajava com seu fiel companheiro, o cão Shurastey, em seu fusca branco 1978 quando colidiu contra um Ford Escape. A motorista do outro veículo, Eileen Huss, de 62 anos, foi encaminhada ao hospital, segundo informações da KDRV, filiada local da emissora ABC. A criança que a acompanhava não ficou ferida.
O brasileiro vivia na estrada desde 2017, quando iniciou sua jornada. A trajetória fazia parte do projeto “Shurastey or Shuraigow?”. O nome faz uma referência à música da banda The Clash, “Should I Stay or Should I Go”, que questiona se “Devo Ficar ou Devo Ir”.

Fonte: O Diarinho/G1
Da Redação Integrada Rádio Cidade e Jornal O Alto Jacuí