Escolas municipais retomam atividades presenciais em março

0
40

Os estudantes das escolas municipais de Panambi retornam às atividades presenciais no início do mês de março. A decisão foi tomada pela administração municipal após reunião da Associação de Municípios do Planalto Médio (Amuplam) nesta segunda-feira (1º/2).

No encontro, os prefeitos decidiram que as aulas da rede municipal serão retomadas junto com as escolas estaduais, no dia 8 de março.

Em entrevista à Rádio Sulbrasileira, o prefeito Daniel Hinnah, que a partir deste ano integra a direção da Amuplam como vice-presidente, afirmou que a Secretaria Municipal da Educação estava se preparando para iniciar as aulas no dia 18 de fevereiro. No entanto, com a escolha da associação, o calendário foi adiado.

“Vamos dar a opção para os pais de enviar ou não seus filhos à escola, porque segue o modelo híbrido, com educação à distância, mas vai ser ofertado o presencial para quem quiser” destacou, reforçando que há um plano de contingência preparado para a volta às aulas. “Essa semana os professores começam a voltar para as escolas para preparar tudo.”

Hinnah afirma que haverá uma alternância de alunos, com apenas 50% deles em sala de aula por dia para garantir o distanciamento social e evitar a propagação do coronavírus. Detalhes sobre o plano serão divulgados em breve pela Secretaria Municipal da Educação.

O chefe do Executivo de Panambi defendeu o retorno das atividades escolares: 

As crianças têm apresentado menos agravamento da doença e também já têm estudos mostrando que elas são menos transmissoras. E também porque o impacto de não ter aulas presenciais tem sido mais grave do que ter, pela perda da socialização e da aprendizagem, que é a função principal da educação, mas também por não ter ninguém cuidando das crianças durante o dia, ficarem pelas ruas, abusos que estão sofrendo, entre outras questões. Muitas dependem da alimentação escolar como uma alimentação fundamental no seu dia-a-dia e que não tem o mesmo acesso quando não estão nas escolas. Tudo isso pesa para o retorno este ano.

O assunto tem sido debatido pelos prefeitos das cidades que integram a Associação de Municípios do Planalto Médio (Amuplam), da qual Panambi faz parte e que a partir deste ano conta com a presença de Hinnah na direção como vice-presidente. Uma reunião foi realizada na tarde desta segunda para decidir sobre a volta às aulas na região.

“O Estado está propondo para o dia oito de março. Na Amuplan, até me surpreendi um pouco na semana passada quando vi que existe dúvida de alguns prefeitos de voltar as aulas presenciais. Porque nós em Panambi e os secretários de Educação da região temos a intenção de voltar com as aulas presenciais.”

Nesta quarta-feira (3/2), a secretária de educação Marlise Rodrigues estará no programa Alô Comunidade para divulgar mais informações sobre o retorno das aulas presenciais.