Expointer 2021 recebe 2.820 inscrições de animais de argola

0
64

A 44ª Expointer, que ocorrerá entre 4 e 12 de setembro no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, contará com a participação de 2.820 animais de argola (que vão a julgamento). O número de inscritos é maior que o do ano passado (1.019), mas não alcança os números da feira de 2019 (3.975), a última antes da pandemia do coronavírus. As associações de criadores têm ainda até 18 de agosto para inscrever bovinos rústicos e equinos destinados exclusivamente a provas e leilões.

Para a secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti, a adesão dos criadores de animais demonstra a força e a organização deste setor. “Esta presença reflete o otimismo dos expositores que poderão fazer os julgamentos de seus animais e gerar negócios, dentro deste grande palco que é a Expointer”, afirma.

O destaque ficou por conta da participação dos ovinos. Serão 14 raças e mais algumas de suas variedades naturalmente coloridas. Ao todo, 810 ovinos foram inscritos na exposição. O número supera o de 2019 (782).

Bovinos de corte serão 15 raças, com destaque para Maine Anjou, que retorna ao parque depois de algum tempo ausente, e a estreia da raça Murray Grey. Ao todo, 436 bovinos de corte participarão dos julgamentos.

Quanto aos zebuínos, com 73 inscritos de seis raças, ocorrerá o retorno do Gir dupla aptidão, que estava ausente há quase uma década. Nos bovinos mistos há três raças inscritas, chegando a cem animais. Os bovinos de leite, com quatro raças, serão 332.

Nos equinos serão nove raças, com destaque para o Percheron, que está aumentando sua participação com 19 animais inscritos. Ao todo, participarão 607 equinos. Caprinos somaram 47, enquanto que pequenos animais (aves, pássaros, coelhos e chinchilas) serão 407.

Segundo o médico veterinário e chefe do Serviço de Exposições e Feiras da Secretaria da Agricultura, Paulo Coelho de Souza, as inscrições superaram as expectativas, por ser uma Expointer de retomada e em um momento que ainda inspira cuidados em relação à pandemia de Covid-19. “Não alcançamos ainda os patamares de anos anteriores, mas isso era o esperado”, afirma.

Os animais poderão ser vistos em mais de 20 pistas para julgamentos e leilões. No dia 10 de setembro pela manhã, haverá o tradicional desfile dos campeões.

Quadro comparativo de inscritos em 2019, 2020 e 2021:

Animais argola Expointer2021
Fonte: Governo do Rio Grande do Sul