Gre-Nal 437 tem reta final marcada por confusões na arquibancada e dentro do gramado da Arena

0
62

O Gre-Nal 437 foi marcado por novos episódios de violência. O clássico estava já nos minutos finais quando iniciou uma confusão no lado onde estava a torcida do Inter. Torcedores colorados arremessaram rojões e sinalizadores em direção ao andar de baixo da arquibancada, onde estavam torcedores do Grêmio. Houve revide de alguns mandantes.

Ao mesmo tempo que isso acontecia na arquibancada, dentro do gramado os jogadores também deram mau exemplo. Primeiro, Bruno Méndez e Ferreira foram expulsos após trocas de provocações e empurrões. O técnico colorado Alexander Medina invadiu o gramado e também levou cartão vermelho.

Confusões e entradas mais duras seguiram até e depois do apito final do árbitro Leandro Vuaden. Os expulsos Bruno Méndez e Ferreira precisaram ser contidos no caminho para  os vestiários, enquanto os jogadores colorados cercaram Vuaden reclamando pelo tempo de acréscimos.

Quando tudo parecia ter acabado, ainda aconteceu uma briga inesperada. Uma pessoa com um colete do Grêmio discutiu e brigou com jogadores reservas e funcionários gremistas que ainda estavam no gramado da Arena.  

Na zona mista, o diretor de futebol Sérgio Vazques afirmou que essa pessoa se tratava de um funcionário terceirizado da Arena que teria provocado  os jogadores do Grêmio dando inicio à confusão.

Fonte: Zero Hora