Grupo Fonseca apresenta serviço de QR Code para contar história das pessoas falecidas

0
4

Em entrevista à SB Comunicações, o gerente do Grupo Fonseca, Maurício Prestes, apresentou uma novidade para Panambi e região que promete inovar e tornar ainda mais especial as visitas aos cemitérios para homenagear pessoas que faleceram.

Há mais de 45 anos no mercado, a funerária investe em tecnologia e passa a contar agora com o aplicativo Genealogiq. Uma placa de aço escovado, com durabilidade de mais de 50 anos, é instalada no túmulo com um QR Code.

Ao aproximar um celular do código após baixar o aplicativo Genealogiq, a pessoa tem acesso a todas as informações da pessoa: biografia (desde o nome à data de nascimento e falecimento, origem, local onde morou, profissão), obituário, árvore genealógica, homenagens e até fotos e vídeos.

Estas informações, na visão idealizador da Genealogiq, Douglas Pedroso, permitem o resgate da vida desta pessoa e a preservação do seu legado. “Tudo o que a pessoa viveu a gente registra para que nas próximas gerações essa história seja perpetuada. Porque nós acreditamos que as pessoas só morrem quando são esquecidas.”

A ideia do projeto surgiu após uma experiência pessoal. “Foi através de uma dor, da minha própria família, do desconhecimento da sua história, que me surgiu essa ideia. Consegui enxergar essa oportunidade para as pessoas e para a comunidade. E viemos para Panambi trazer essa inovação na busca da ressignificação da ideia da morte. Queremos que as idas para o cemitério sejam um momento de boas lembranças e que eles virem um museu à céu aberto.”

Maurício Prestes, gerente do Grupo Fonseca, reforça a busca pela preservação da vida dos entes queridos que estão enterrados nos cemitérios de Panambi.

“Todas as pessoas que já partiram tem uma história de vida. E por que não deixar gravado no túmulo desta pessoa para outras saberem a sua história de vida? Até para seus filhos, netos e bisnetos – que muitas vezes não o conheceram -, eles terão acesso à todas as informações. É algo diferenciado que o Grupo Fonseca traz para Panambi e região”, afirma.

Conforme o Grupo Fonseca, a tecnologia já está disponível pode ser aplicada não apenas em casos de falecimentos atuais. Basta entrar em contato e fazer a solicitação.