Homem é preso em Canoas ao usar um atestado falso para não trabalhar

0
203

Para não atrapalhar as investigações, a polícia não divulga o nome da empresa.

Um homem de 31 anos foi preso na última segunda-feira (6) no bairro Niterói, em Canoas, por uso de documento falso. Ele não foi trabalhar no sábado (4) e enviou para o chefe a foto de um atestado médico para justificar a ausência.

Segundo a Polícia Civil, a empresa desconfiou do documento. Por isso, vendo que o atestado teria sido, supostamente, emitido por uma Unidade Básica de Saúde da cidade de Estância Velha, no Vale do Sinos, entrou em contato com a Vigilância Sanitária do município. O órgão confirmou que a falsificação e acionou a polícia.

Procurada pela polícia, a empresa solicitou que o funcionário comparecesse para apresentar o atestado. Ao chegar, ele foi preso em flagrante. O homem, que não teve a identidade divulgada devido a Lei de Abuso de Autoridade, pode pegar até cinco anos de prisão em regime fechado.

Agora, os investigadores buscam descobrir quem forneceu o atestado falso. Para não atrapalhar as investigações, a polícia não divulga o nome da empresa.

Fonte: Agência GBC

Foto: Polícia Civil/Divulgação