“Iniciamos uma nova fase na história de Panambi”, afirma Daniel Hinnah em posse como prefeito de Panambi

0
33

Em um evento diferente, com transmissão online, Daniel Hinnah tomou posse como prefeito de Panambi, juntamente com o vice Henri Markus e os treze vereadores eleitos, na manhã de sexta-feira (1º/1).

“Somos um município cheio de virtudes e acredito que, se somarmos todas nossas qualidades, poderemos escrever um novo capítulo cheio de conquistas na história de Panambi.

O prefeito, reeleito com 14.287 votos, reforçou em seu discurso que buscará a harmonia entre os poderes e tratar a Câmara de Vereadores “com o respeito e a dignidade que merecem”. “Com o Poder Legislativo, assumimos o compromisso do diálogo e da proximidade, para juntos alcançarmos o melhor para nosso município”, destacou.

Também foi feita uma análise sobre as adversidades dos últimos anos, especialmente relacionados ao coronavírus e as consequências das estiagens e temporal de granizo.

“Enfrentamos muitos desafios. Crises, as intempéries climáticas e essa pandemia que traz tantas incertezas e insegurança, mas que a população tem visto que temos enfrentado com equilíbrio, com prudência, para atender a todos, ajudar todos que precisam, com diálogo e busca de soluções, fazendo chegar auxílio ao cidadão mais necessitado e também fazendo com que o desenvolvimento do nosso município seja retomado com segurança.”

Conforme o prefeito, inicia-se uma nova fase na história de Panambi. “Tivemos ousadia e coragem de fazer mais e melhor com os recursos disponíveis. Ninguém está imune aos efeitos dessa crise e espero que o doloroso ano que passamos nos leve a um melhor entendimento do compromisso individual para o êxito coletivo! Mas nós, os eleitos, não diminuiremos os esforços na defesa do povo, sobretudo dos mais necessitados. É hora de renovar o chamado. Panambi do futuro já começou!

Gestão

Em seu discurso, o prefeito falou sobre o papel do gestor municipal.

Um novo tempo exigiu coragem para sair dos padrões que o continuísmo estava acostumado. Foi preciso ter coragem para fazer o correto. É preciso ter coragem para dizer sim, quando é possível sim e não, quando é preciso dizer não. O verdadeiro gestor público tem em mente que ele é um servidor. Servir deve ser a marca do homem e da mulher que decide entrar na política, e esta tem sido uma marca desta equipe que conosco trabalhou neste mandato.

Hinnah afirma que vai continuar a do equilíbrio entre a técnica de gestão e a política. “Quando há junção das duas tudo se torna mais favorável, e isso ficará demonstrado em melhores resultados, pois a política ainda é consequência de tudo aquilo que realizamos de bom para nosso povo. E falando do povo de Panambi, assim como eu que nasci nesta terra, o meu respeito sempre estará à frente de todos. Com a característica de um trabalho de equipe, nosso respeito será estar sempre a disposição da população e servi-la com muita humildade e profissionalismo.

Ele também garantiu que o seu governo municipal continuará tendo como princípio a descentralização de decisões para resolver problemas que “não são de solução simples e, por isso mesmo, precisam de participação e junção de esforços”.

“Queremos os cidadãos envolvidos e reforçamos o convite à participação. Seja como representantes de entidades, conselhos, sindicatos, associações de moradores, empresas, instituições, igrejas, clubes, escolas, sociedades do interior ou individualmente – pelo seu interesse em contribuir com seu município, queremos cidadãos participativos.”

Obras

Em relação aos trabalhos do Executio, Hinnah afirmou que foram entregues obras em “todos os bairros, no centro e no interior”.

“É tão bom poder chegar nos diversos bairros, em cada rua, em cada bairro e ouvir da população esse reconhecimento de que a cidade mudou, de que a cidade está mais alegre, de que a cidade (apesar de todas as dificuldades) está vendo que podia mais e que estamos conseguindo esse resultado.

Conforme o prefeito reeleito, durante o primeiro mandato, foram pavimentados 62 trechos de ruas, um total de 12 quilômetros.

Alguém pode dizer: mas a minha rua ainda não tem pavimentação… Bem, quando assumimos não se sabia nem quantas eram as ruas sem pavimentação, mas nós mapeamos e encontramos 178 trechos de ruas ainda no pó ou no barro. Pavimentamos um terço dessas ruas, concluindo 62 trechos e praticamente 12 km, projetando que nos próximos 4 anos poderemos concluir mais outra quantidade semelhante, acelerando a solução do problema, que se continuasse no ritmo que vinha levaria 30 anos para resolver.”

Ele também afirmou que foram realizados investimentos em diversas áreas e que, já nesta segunda-feira (4/1), há 48 obras em andamento para a educação, saúde, desenvolvimento econômico, desenvolvimento social e infraestrutura, além de “outros projetos importantes encaminhados para 2021, um grande pacote de investimentos já preparados para 2021, com recursos captados através de projetos, articulação política, com importante participação dos vereadores e vereadoras, e resultados da gestão cuidadosa dos recursos públicos“.

Muito foi feito, mas muito ainda se tem por fazer! Sempre haverá espaço para melhorias e aperfeiçoamento, e isto nos motiva mais ainda. Nosso município não para, por isso estruturamos um plano de governo fundamentado no Plano Estratégico de Desenvolvimento de Panambi, com visão de futuro, chamado Panambi 2030.

Ainda em relação ao assunto, deixou uma mensagem aos que ele chamou de “pessimistas”.

Mudem a postura, pois Panambi está dando certo e vai continuar dando certo! Porque as pessoas que estão trabalhando conosco amam o que fazem e amam nossa cidade! Amam Panambi e acreditam em Panambi! Panambi não para de crescer e nós todos somos parte da geração que vai impulsionar nossa cidade das máquinas, vale das borboletas azuis, terra de gente feliz e que vai crescer junto nessa terra!