Médico é demitido por WhatsApp e internautas expõem situações semelhantes

0
34

Indignados com o tratamento impessoal, usuários compartilharam outras demissões parecidas com a sofrida pelo médico.

O médico Victor Hugo Heckert, de 29 anos, compartilhou em sua conta no Twitter o aviso de demissão que recebeu pelo WhatsApp nesta semana. Em uma mensagem simples e encaminhada, ele descobriu que esta quinta-feira, 28, seria seu último dia de trabalho em uma unidade de saúde. 

Ele classificou o aviso como “profissional e maduro”, de forma irônica.

Um dos usuários lamentou a demissão, mas recomendou ao médico que procurasse seus direitos na Justiça Trabalhista.

“Não sei o que dizer, sinto muito amigo. Encaminha para um advogado e nos mantenha informados, esperamos a sua recompensa financeira”, escreveu.

O médico, então, esclareceu que as multas rescisórias seriam pagas pela administração da unidade de saúde, já que o contrato de trabalho foi quebrado.

Com a repercussão do caso, internautas passaram a compartilhar suas próprias experiências, semelhantes à vivida pelo médico. Veja abaixo alguns casos compartilhados:

Fonte: Terra