Conecte-se conosco

Destaque APP

Número de mortes nas rodovias federais do RS cai 60% em relação ao Carnaval de 2022, aponta PRF

Publicado em

em

Número de mortes nas rodovias federais do RS cai 60% em relação ao Carnaval de 2022, aponta PRF

O número de mortes nas rodovias federais do Rio Grande do Sul durante o feriado de Carnaval caiu 60% em 2023 na comparação com o ano anterior. Conforme balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta quinta-feira (23), foram registradas quatro vítimas, enquanto no ano passado foram 10. O levantamento integra a Operação Carnaval e analisou o período compreendido entre a última sexta-feira (17) e esta quarta (22).

O balanço também apontou queda de 54% na quantidade de acidentes nas estradas. Foram 57 ocorrências neste ano, contra 124 em 2022. O número de feridos apresentou redução de quase 70%, caindo de 139 para 45.

De acordo com a PRF, houve aumento no número de infrações. Este ano, foram flagrados 280 casos de embriaguez ao volante, contra 275 em 2022. O não uso do cinto de segurança gerou 853 autuações, 21% a mais que no ano anterior, com 668 ocorrências. Ultrapassagens indevidas aumentaram 16% – de 656 para 782 casos. Ao todo, foram fiscalizados 17.078 veículos.

Números da EGR
A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) também divulgou balanço da Operação Carnaval nas rodoviais estaduais administradas. De acordo com o levantamento, 658,4 mil veículos passaram pelas dez praças de pedágio da EGR entre quinta (16) e quarta-feira (22). O número representa um acréscimo de 16,3 mil em relação à projeção e 44,7 mil a mais na comparação com o Carnaval do ano passado.

Segundo a EGR, a rodovia que registrou o maior tráfego foi a ERS-040, uma das principais vias que liga a Região Metropolitana de Porto Alegre ao Litoral Norte. Foram 155,6 mil veículos que se deslocaram pelo pedágio de Viamão.

Na ERS-239, que liga a Região Metropolitana da Capital, os vales do Paranhana, do Sinos e do Caí, o Litoral e a Serra, foram 145,7 mil usuários passando pela praça de pedágio em Campo Bom. Conforme a EGR, outra rodovia que registrou alto número de veículos foi a ERS-474, com 59,3 mil motoristas cruzando o pedágio em Santo Antônio da Patrulha.

Fonte: g1
Foto: EGR/Divulgação

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque APP

Governador Eduardo Leite alerta para risco de inundações e deslizamentos no Rio Grande do Sul

Publicado em

em

• O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, alertou na segunda-feira (17) para o risco de inundações e deslizamentos no estado devido às fortes chuvas previstas até quarta-feira (19).

• Ele anunciou o reforço do efetivo das forças de segurança no Vale do Taquari, Vale do Caí, Serra Gaúcha e Litoral Norte para combater possíveis estragos causados pelas tempestades.

Quatro aeronaves, embarcações e agentes militares estão sendo mobilizados para atuar em operações de resgate, incluindo veículos do Rio Grande do Sul e de São Paulo.

• O governo gaúcho também buscará o apoio das Forças Armadas para colocar mais veículos à disposição.

• Tropas especializadas em áreas deslizadas e cães de busca também estão sendo destacados para auxiliar nos esforços de resposta.

• A Defesa Civil estadual emitiu boletins com alertas sobre a elevação dos rios Taquari, Caí, Paranhana, Cadeia e rio dos Sinos, recomendando que a população em áreas de risco procure abrigo seguro.

Foto: Jurgen Mayrhofer

Fonte: O Sul

https://www.osul.com.br/governador-eduardo-leite-alerta…
Continue lendo

Destaque APP

Instabilidade persiste no RS e alerta é para temporais nesta quarta

Publicado em

em

Nesta quarta-feira (19), o Rio Grande do Sul poderá enfrentar instabilidade meteorológica significativa. Nuvens carregadas estão avançando de Oeste para Leste e ao Sul do Estado, trazendo consigo o risco de chuva localmente forte.

As precipitações poderão ser torrenciais e acompanhadas de raios e trovoadas. Além disso, há possibilidade de temporais isolados, incluindo granizo e rajadas de vento forte. É importante salientar que, embora exista risco de chuvas intensas, estas não afetarão todas as cidades gaúchas. A maioria dos municípios não enfrentará temporais.

Em Porto Alegre, o tempo será marcado por sol entre muitas nuvens durante o dia. A temperatura máxima será de 24°C e a mínima de 17°C. Já na Serra Gaúcha, podem ocorrer períodos de chuva, com temperaturas variando entre 17°C e 23°C.

Fonte: Leouve

Continue lendo

Destaque APP

Piloto de 9 anos morre após acidente de moto em competição em Interlagos, em São Paulo

Publicado em

em

Um piloto argentino de apenas 9 anos morreu após sofrer um acidente durante uma competição de motovelocidade no autódromo de Interlagos, em São Paulo. Lorenzo Somaschini foi hospitalizado na sexta-feira (14) e faleceu na noite de segunda-feira (17).

Ele era um dos participantes do SuperBike Brasil, que é um dos principais campeonatos de motovelocidade do mundo. O piloto disputava uma categoria voltada para crianças e adolescentes de 8 a 18 anos, com motocicletas de 160 cilindradas.

Segundo a organização do evento, Lorenzo sofreu o acidente durante o primeiro treino livre no autódromo, na sexta-feira. O jornal argentino El Clarín afirmou que a criança bateu a cabeça após a queda. Lorenzo foi socorrido e levado por uma UTI móvel até o Hospital Geral da Pedreira, na capital paulista. No sábado (15), ele foi transferido para o Hospital Albert Einstein em estado grave.

A imprensa argentina definiu Lorenzo como um prodígio do motociclismo argentino. Além disso, o piloto sonhava em chegar ao MotoGP e se tornar campeão mundial. Por meio de nota, o SuperBike Brasil disse que está prestando assistência à família do piloto desde o dia do acidente.

“O SuperBike Brasil comunica, com muita tristeza e pesar, o falecimento do piloto Lorenzo Somaschini nesta segunda-feira (17/6), às 19h43. O argentino, natural de Rosário, estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo (SP), sob cuidados médicos intensivos e, infelizmente, não resistiu. A organização do SuperBike Brasil está prestando total assistência à família do piloto desde sexta-feira (14/6), quando o argentino teve uma queda durante o primeiro treino livre da Jr Cup, válido pela 4ª etapa do SuperBike Brasil, no Autódromo de Interlagos. Logo que caiu na saída do Pinheirinho, o piloto foi prontamente atendido no local pela equipe médica em ambulância UTI. Na sequência, foi encaminhado para a sala de emergência do autódromo, onde houve a estabilização do seu quadro clínico. Após esse procedimento, foi realizada a remoção médica, em unidade de suporte avançada (UTI móvel) para o Hospital Geral da Pedreira, onde permaneceu até a madrugada de sábado (15/6), seguindo todos os protocolos médicos até ser feita a transferência para o Hospital Albert Einstein.

Todos da equipe do SuperBike Brasil estão consternados com o acontecimento e manifestam sinceros sentimentos a todos familiares e amigos de Lorenzo”, diz a nota.

Fonte: O Sul

Continue lendo