Panambi adere à manifestação de caminhoneiros na BR-158

0
138

Panambi se junta à lista de municípios em que ocorrem manifestações de caminhoneiros nas rodovias federais. Na manhã desta quinta-feira (9/9), motoristas reuniram-se no Posto Santa Lúcia, na BR-158, para iniciar o ato, contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e em defesa ao presidente Jair Messias Bolsonaro, além do aumento de preço dos combustíveis.

Porém, a rodovia não será bloqueada. Caminhoneiros que trafegam pelo local são convidados à aderir à manifestação. A Polícia Rodoviária Federal acompanha o ato, que ocorre de forma pacífica.

“A manifestação é o seguimento [dos atos] do Sete de Setembro e também o preço dos combustíveis. A população não aguenta mais. Pedimos para a população de Panambi abraçar a causa, nos dar apoio. A manifestação é pacífica e os caminhoneiros são convidados a ficar um tempo com nós”, afirma um dos organizadores, João Hoffmann. “Não vamos obrigar ninguém a ficar detido por nós.”

A previsão é de que o grupo permaneça no local até o final da tarde. “Vamos aguardar e ver o que vai dar. Se vier resultado de Brasília, não tem porque continuar.”

Conforme Hoffmann, caso ocorram bloqueios das rodovias em outros lugares do estado, o mesmo irá ocorrer em Panambi. “Vamos aguardar os fatos e o desenrolar.”

As manifestações seguem em diversos pontos do Rio Grande do Sul, incluindo em Cruz Alta e Ijuí. Entretanto, em alguns locais, os bloqueios não estão ocorrendo após o presidente Jair Bolsonaro enviar um áudio para os líderes das manifestações pedindo para que não fossem feitas paralisações.

“Fala para os caminhoneiros que são nossos aliados que esses bloqueios atrapalham, nossa economia. Isso provoca desabastecimento e inflação. Prejudica todo mundo, em especial os mais pobres. Dá um toque para os caras, para liberar, para a gente seguir a normalidade. Deixa com a gente em Brasília, aqui, agora. Não é fácil negociar e conversar por aqui com outras autoridades, mas a gente vai fazer nossa parte e vamos buscar uma solução para isso, tá ok? Aproveita e em, meu nome dá um abraço em todos os caminhoneiros”, disse o presidente.

Conforme o boletim da Polícia Rodoviária Federal, os atos ocorrem em 15 estados, incluindo o Rio Grande do Sul. Os organizadores do evento vão aguardar a nova manifestação do Bolsonaro, que deve ocorrer em live na noite desta quinta-feira.