25.2 C
Panambi
13/05/2021

Panambi recebe mais 1.845 doses e retoma vacinação nesta quarta-feira (5)

- Propaganda -spot_imgspot_img

Panambi recebeu nesta terça-feira (4/5) mais 1.845 doses da vacina contra a Covid-19.

Do total recebido, 1.745 são da AstraZeneca (Fiocruz) e serão destinadas às 1ª dose dos novos grupos prioritários.

As demais, 100 doses, são da CoronaVac (Butantan) e serão para dar continuidade à aplicação da 2ª dose, suspensa desde o início da semana passada devido à falta de vacinas.

Porém, a quantidade é insuficiente. Faltam 1.408 doses para as pessoas que receberam a 1ª dose entre o final de março e início de abril.

Estão sendo distribuídas 31.780 doses da vacina do Instituto Butantan. Conforme o Governo do Estado, essa quantidade é suficiente para cobrir 97% do público que se vacinou com as doses recebidas em 20 de março.

Conforme reportagem exclusiva da SB Comunicações, mais de 350 municípios gaúchos suspenderam a vacinação com a CoronaVac. Faltam mais de 260 mil doses para completar a aplicação da 2ª dose.

Ao todo, a região tem à disposição 10.140 doses, 9.450 da AstraZeneca e 690 da CoronaVac. Ijuí recebeu 3.715 doses e Condor 270.

Na sexta-feira (30), Panambi já havia recebido 1.175 doses, totalizando 3.020 em menos de uma semana. Já foram mais de 13 mil doses da vacina contra a Covid-19 no município.

Calendário de vacinação

Com as novas doses, o município retoma a vacinação nesta quarta-feira (5/5), das 8h às 11h. Mas, nesta quarta e quinta-feira (6/5), a vacinação vai ocorrer no ESF Centro para os seguintes grupos:

  • Pessoas com 60 anos ou mais;
  • Pessoas com Síndrome de Down, acima de 18 anos;
  • Pessoas com doença renal crônicas em terapia de substituição renal (em diálise), acima de 18 anos;
  • Gestantes e puérperas com comorbidade, acima de 18 anos;

Já a partir de quinta-feira (7/5) a vacinação volta a ser no formato Drive-Thru no Parque Municipal Rudolfo Arno Goldhardt. Serão imunizados os seguintes grupos:

  • pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos;
  • pessoas com Deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos.

A Secretaria Municipal da Saúde reforça que as pessoas deste público-alvo deverão apresentar o comprovante para vacina no ato da imunização.

- Propaganda -spot_img
Últimas notícias
Notícias relacionadas
  
 WhatsApp