Polícia liberta mulher que era mantida há duas semana em cárcere privado em Erechim

0
68

Na tarde desta quarta-feira (04), a DRACO de Erechim, libertou uma vítima que estava sendo mantida em cárcere privado em uma residência no bairro Presidente Vargas, na cidade de Erechim.

O caso foi conhecido pela polícia quando o pai da vítima procurou ajuda no plantão do Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa no município de Porto Alegre, relatando que a filha estava presa em uma residência na cidade de Erechim por uma facção e que seria obrigada pelos criminosos a entrar com drogas para dentro do presídio Estadual de Erechim.

Depois de ouvido o pai, o DHPP entrou em contato com a Polícia Civil de Erechim que, por intermédio da DRACO, coordenada pelo delegado Marino Frenceschi, localizou a residência e libertou a vítima.

Uma mulher que cumpria pena em prisão domiciliar, com tornozeleira eletrônica, e era a responsável por manter a vítima detida, foi presa em flagrante. Fazia 2 semanas que a vítima estava no local.

Após os trâmites legais na delegacia de polícia, a presa foi encaminhado ao sistema prisional onde permanecerá à disposição da justiça.

Fonte Jornal Boa Vista/ Rádio Ativa Nova Prata