Policial é morto ao tentar prender autor de homicídio em Jaboticaba

0
60

Um Comissário de Polícia da delegacia de Jaboticaba foi morto na noite deste domingo (16) ao tentar prender um autor de homicídio. Fabiano Ribeiro Menezes foi atingido por disparos de arma de fogo e chegou a ser encaminhado a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Antes da atirar contra o policial, o atirador matou outro homem em um restaurante, que realizava uma confraternização com amigos.

As câmeras de monitoramento do estabelecimento flagraram o crime. No vídeo, que circula nas redes sociais, é possível ver o atirador se aproximando da vítima, que estava sentada. Ela se levanta e leva um tiro à queima roupa na cabeça.

Fabiano, que também estava no estabelecimento, tentou prender o atirador, mas foi baleado por diversos tiros. Mas, mesmo ferido, ele conseguiu efetuar disparos no agressor. Com a troca de tiros, diversas pessoas que estavam dentro do local fugiram ou se esconderam atrás das mesas.

Os dois foram encaminhados ao Hospital Santa Rita, de Jaboticaba. No entanto, Fabiano não resistiu e faleceu.

O autor do crime segue hospitalizado, sob custódia de policiais, e será autuado em flagrante por duplo homicídio.

Em nota, os policiais civis da 14ª Delegacia de Polícia Regional lamentam a morte precoce do Comissário Fabiano, no exercício do seu dever policial, e se solidarizam com seus familiares.

O Governo do Estado também se manifestou:

A Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul lamenta profundamente o falecimento do Comissário de Polícia Fabiano Ribeiro Menezes, 51 anos, ocorrido na noite deste domingo, na cidade de Jaboticaba/RS.

O Policial Civil foi vítima de disparos de arma de fogo, na tentativa de prender um indivíduo que havia cometido homicídio contra outra vítima no local. Socorrido, o Comissário de Polícia não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito.

A Chefe de Polícia, Delegada Nadine Tagliari Farias Anflor, solidariza-se com os familiares, colegas e amigos neste momento de profunda tristeza.