Prefeito e Vice recebem representantes das agroindústrias

0
29

Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Ambiental atua para estimular o desenvolvimento das agroindústrias panambienses

Panambi tem 25 agroindústrias, todas legalizadas, dentre elas, 17 são estabelecimentos registrados no SIM (Serviço de Inspeção Municipal) com produção de origem animal, como ovos, embutidos, mel e laticínios.
Representantes destas agroindústrias estiveram reunidos com o prefeito Daniel Hinnah, vice-prefeito Henri Markus, secretário Rafael Jacques de Oliveira, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Ambiental (SDE), junto com a equipe da secretaria. Os assuntos tratados foram a respeito dos impactos da inflação nos custos de produção e as medidas ao alcance do município para apoio e desenvolvimento das agroindústrias panambienses.
Foram ouvidos os pleitos das agroindústrias e foram apresentados, por parte da SDE, os investimentos municipais em apoio a estes empreendimentos rurais, que já somam R$ 243 mil no programa Pró-calçamento (que até o final do ano deve ter 100% das agroindústrias atendidas) e mais de R$ 300 mil na reforma, equipamentos e manutenção da Feira do Produtor, além de investimentos na Casa do Mel, Frutipan e outros apoios.

Atendendo ao pedido dos produtores, a Administração Municipal conseguiu, através do Sebrae, subsídio de 60% de desconto no custo da análise de produtos, que era um dos pleitos principais da reunião.

Panambi é um dos municípios com mais agroindústrias legalizadas no RS, na proporção da sua população, e no programa DNA Empreendedor o apoio a estes empreendimentos rurais é uma das linhas de atuação.

Para o mês de setembro está prevista a realização da Fecolônia, retomando o formato presencial, o que também é um grande incentivo ao setor.