Preso suspeito de matar assessor dentro de secretaria da prefeitura de Jaguari

0
59
Foto: Divulgação / Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu preventivamente, na noite de quinta-feira (21), o suspeito de matar a tiros o assessor da prefeitura de Jaguari Gustavo Medeiros, de 28 anos. O homem se apresentou na delegacia de Santiago depois de ter sido expedido o mandado de prisão preventiva contra ele.

Medeiros foi morto a tiros dentro do prédio da Secretaria Municipal de Turismo, Cultura e Desporto de Jaguari, na noite de quarta-feira (20).

Desde então, a polícia fazia buscas, e cumpria diligências, pelo suspeito. Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão na casa e no local de trabalho do homem.

Foram apreendidas duas armas longas, uma pistola e diversas munições de diferentes calibres. Por se tratar de militar da reserva, o suspeito foi encaminhado ao Exército Brasileiro.

O crime

Testemunhas contaram à polícia que era por volta das 14h quando o suspeito de ter cometido o crime entrou na sala onde estava Medeiros, que fica em um prédio fora do Centro Administrativo e é anexa à Secretaria de Educação. Ele ameaçou Medeiros e, em seguida, atirou pelo menos cinco vezes contra a vítima, fugindo em seguida.

Dois colegas da vítima acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que fez os primeiros-socorros e o encaminhamento para o Hospital de Caridade de Jaguari. Depois, houve a transferência para Santa Maria, onde ela morreu por volta das 23h15.

A motivação do crime ainda não está clara.

Medeiros foi sepultado no Cemitério Municipal de Jaguari na tarde de quinta.

Fonte: G1 RS