Reunião de avalição dos Leitos de UTI Covid ocorreu na segunda-feira (19)

0
1

Texto e foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Panambi

Por solicitação do Dr. Juliano de Paula Loblein (Diretor Técnico) da Unidade de Tratamento Intensivo – UTI Covid em caráter excepcional e temporário, foi realizada uma reunião na segunda-feira (19) às 9h, de avaliação dos primeiros 30 (trinta) dias de funcionamento dos 5 (cinco) Leitos Intermediários instalados e em operação junto a Sociedade Hospital Panambi – SHP.

No encontro participaram além do Dr. Juliano, os médicos João Carlos da Silveira (Diretor Técnico – SHP) e Marco Lieberknecht, as enfermeiras Mara Martins e Mirian Natali Frizzo, Vilmar Scheer (Diretor), Romário Heitor Malheiros (Secretário Municipal de Saúde) e a Enfermeira Lara Dinis da Rosa Marques (Secretária Municipal de Saúde Adjunta).

Na oportunidade, os participantes fizeram uma avaliação dos serviços prestados pelos até então Leitos Intermediários de UTI e concluíram que apesar das dificuldades operacionais enfrentadas até o momento o principal propósito foi atingido, ou seja, dar uma condição digna ao paciente e principalmente dispender todos os recursos tanto humanos como técnicos para estabilizar, recuperar e caso houvesse a necessidade de transferir para uma UTI mais completa o paciente tenha as melhores condições de saúde para suportar o tempo de deslocamento.

Também ficou definido que após a Sociedade Hospital Panambi – SHP conseguir efetuar o fechamento dos valores já dispendidos com os Leitos de UTI, será feita uma nova reunião para que todos possam de forma transparente e harmoniosa dialogar e trocar ideias sobre os custos necessários para a operacionalização deste fundamental serviço.

A Secretária Adjunta da Pasta de Saúde, Lara confirmou que já temos o parecer favorável da Vigilância Sanitária da 17ª CRS – Coordenadoria Regional de Saúde em relação aos Leitos de UTI Covid, inclusive os mesmos já estão constando no dashboard e no GERINT – Gerenciamento de Internações administrado pela Secretaria Estadual da Saúde – SES.

Dr. Juliano destacou que até o momento já foram atendidos 26 (vinte e seis) pacientes, sendo que apenas 4 (quatro) vieram a óbito, o que demonstra a eficiência no tratamento e ponderou “estamos muito motivados pois a taxa de mortalidade é de 16%, sendo que na maioria dos Leitos de UTI este índice chega a 50% e temos a certeza que toda a comunidade, principalmente as lideranças empresariais nos auxiliarão para que possamos dar continuidade neste importante projeto”.

Já o Secretário Romário Heitor ratificou a importância de que “quando as forças vivas da comunidade se unem com um objetivo em comum, deixando de lado diferenças e principalmente questões ideológicas os projetos se viabilizam e com isso quem ganha é toda a nossa comunidade Panambiense”.