Secretaria de Saúde de Panambi convoca a comunidade para a vacinação contra a Gripe (influenza)

0
145

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica convoca a comunidade panambiense para receber o imunizante contra a gripe (influenza). A influenza é uma infecção viral aguda, que afeta o sistema respiratório e é de alta transmissibilidade. A vacina é aplicada através de uma injeção no braço e ajuda o corpo a desenvolver imunidade contra a gripe, evitando o surgimento de complicações graves como pneumonia e outros problemas respiratórios, além de hospitalização e morte.

Diante da importância da prevenção a SMS, informa:

Onde posso fazer a vacina?
Em todas as Estratégias de Saúde da Familia (ESF’s), populares Postos de Saúde.

Quem deve tomar a vacina?

Em 2021, o Ministério da Saúde (MS) ampliou a campanha de vacinação contra a gripe para todas as idades, incluindo bebês e crianças com idade superior a 6 meses.

Posso tomar a vacina da gripe e da COVID juntas?

O Ministério da Saúde (MS) indica que a vacina da gripe e da COVID-19 podem ser aplicadas no mesmo dia, desde que em grupos musculares diferentes, não havendo interferência na eficácia das vacinas.

É preciso tomar todos os anos?

A vacina da gripe tem uma duração que pode variar entre 6 a 12 meses e, por isso, deve ser administrada todos os anos.

Posso tomar a vacina com gripe?

Idealmente a vacina deve ser feita até 4 (quatro) semanas antes do surgimento de qualquer sintoma da gripe. Porém, caso a pessoa já esteja gripada é aconselhado esperar o desaparecimento dos sintomas antes de fazer a vacinação, para evitar que os sintomas naturais da gripe sejam confundidos com uma reação à vacina, por exemplo.

A Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica alerta que surtos de Influenza têm sido identificados em vários estados brasileiros, tais como: Mato Grosso do Sul, Bahia, Amazonas, Espírito Santo e São Paulo. O Rio de Janeiro já enfrenta uma epidemia de Síndrome Gripal, causada pelo vírus Influenza A H3N2. Já o Rio Grande do Sul confirmou 13 casos de Influenza A H3N2, neste mês de dezembro (fora da sazonalidade do vírus).

A SMS ratifica que ações de imunizações continuam a ser extremamente importantes para a proteção contra a Influenza e devem ser mantidas apesar de todos os desafios frente à circulação continua ou recorrente do Sars-CoV-2.

Portanto, busque imunizar-se contra a Influenza para prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos e suas conseqüências sobre os serviços de saúde.

Fonte: Prefeitura de Panambi