Vice-governador alerta para risco de desabamento do prédio da SSP em Porto Alegre

0
43

Bombeiros desaparecidos eram experientes no combate a incêndios

As próximas medidas a serem tomadas sobre o incêndio que atingiu o prédio da Secretaria da Segurança Pública, em Porto Alegre, devem ser feitas com cuidado. A prioridade do Corpo de Bombeiros é a localização dos dois agentes desaparecidos durante o combate às chamas, mas, de acordo com o vice-governador do RS e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, a edificação pode desabar. 

“Estamos trabalhando para avaliar toda esta situação e por onde vamos começar. Há risco do prédio ruir, desabar. As equipes de busca e salvamento estão se dirigindo ao local, mas temos de ter cuidado porque não podemos nos aproximar muito do prédio. A situação piorou demais desde a notícia do desaparecimento dos dois bombeiros. Eles são a nossa prioridade total”, resumiu Vieira Júnior nesta quinta-feira. 

Um engenheiro que está presente no local relatou à reportagem da Rádio Guaíba que o miolo do prédio ruiu e o edifício pode ser considerado condenado. “Mesmo o que não caiu foi submetido a um calor tão intenso que afeta a estrutura, perdendo a capacidade estrutural”, relatou.

Fonte: Correio do Povo