Conecte-se conosco

Destaque APP

Atualização dos serviços de infraestrutura do RS – 29/5, 9h

Publicado em

em

Boletim traz a situação sobre fornecimento de energia elétrica, água e telefonia e o panorama de escolas e rodovias.

O governo do Rio Grande do Sul retomou, na terça-feira (30/4), a divulgação do monitoramento dos serviços de infraestrutura no Estado, após as fortes chuvas que começaram na segunda-feira (29/4).

Além de atualizar o nível dos rios e lagos e a situação do fornecimento de água, energia elétrica e telefonia, os boletins também trazem um painel interativo sobre bloqueios em rodovias gaúchas, outro sobre rotas alternativas e, ainda, o panorama nas escolas da Rede Estadual e dos portos e aeroportos.

Os dados são reunidos pela Secretaria de Comunicação, a partir de informações enviadas pelas secretarias do Meio Ambiente e Infraestrutura, de Logística e Transportes, e da Educação.

A divulgação ocorre duas vezes ao dia, 9h e 18h, e o monitoramento seguirá até que haja normalização dos serviços e desbloqueio das estradas.

    Rios às 7h de quarta-feira (29/5)

    • Lago Guaíba – Porto Alegre Gasômetro: 3,87m (cota de inundação: 3,60m no Centro)
    • Rio dos Sinos – São Leopoldo: 4,89m (cota de inundação: 4,50m)
    • Rio Gravataí – Passo das Canoas: 5,35m (cota de inundação: 4,75m)
    • Rio Taquari – Muçum: 5,19m (cota de inundação: 18m)
    • Rio Caí – Feliz: 3,11m (cota de inundação: 9m)
    • Rio Uruguai – Uruguaiana: 8,34m (cota de inundação: 8,50m)
    • Lagoa dos Patos – Laranjal: 2,27m (cota de inundação: 1,30m)

    Energia elétrica, água e telefonia

    • CEEE Equatorial: 45.591 pontos sem energia elétrica (2,2% do total de clientes);
    • RGE Sul: 43.100 pontos sem energia elétrica (1,4% do total de clientes);
    • Corsan: Serviço normalizado;
    • Tim: serviço normalizado;
    • Vivo: 1 município sem serviços de telefonia e internet;
    • Claro: serviço normalizado.

    Panorama nas escolas estaduais

    Dados das escolas afetadas (danificadas, servindo de abrigo, com problemas de transporte, com problema de acesso e outros):

    • 1.077 escolas
    • 250 municípios
    • 29 CREs
    • 391.774 estudantes impactados
    • 579 escolas danificadas com 221.866 estudantes matriculados
    • 43 escolas servindo de abrigo

    Retorno às aulas

    Retorno suspenso na terça-feira (28/5) nos municípios de Pelotas e Rio Grande. 

    Escolas

    • Total de escolas: 2.340
    • Já retornaram às aulas: 1.876 (80,2%)
    • Ainda não retornaram: 462 (19,8%) – 199 delas ainda sem data prevista

    Estudantes

    • Total de estudantes: 741.831
    • Já retornaram às aulas: 558.407 (75,3%)
    • Ainda não retornaram: 183.424 (24,7%) – 77.901 deles ainda sem data prevista

    Rodovias

    As chuvas que atingiram o Estado provocam danos e alterações no tráfego nas rodovias estaduais gaúchas. Atualmente, são 67 trechos com bloqueios totais ou parciais em 36 rodovias, entre estradas, pontes e balsas.

    As informações são do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), consolidadas com o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), abrangendo também rodovias concedidas e as administradas pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR).

    A Secretaria de Logística e Transportes (Selt) trabalha para desobstruir as rodovias o mais rápido possível, de maneira a garantir o tráfego de veículos e pedestres. Veja a seguir a situação de cada rodovia atingida.

    Portos e aeroportos

    As chuvas e enchentes que atingem o Estado destruíram boa parte da infraestrutura de estradas do Rio Grande do Sul. Por isso, portos e aeroportos formam corredores de transporte fundamentais nesse momento, trazendo socorro e garantindo o abastecimento das regiões atingidas.

    Confira a situação dos três portos e dos principais aeroportos regionais que operam no Rio Grande do Sul.

    Aeroportos

    Aeroporto Internacional Salgado Filho: a Fraport Brasil, administradora do terminal, informa que as operações no Porto Alegre Airport seguem suspensas por tempo indeterminado. A orientação aos passageiros é para que entrem em contato com a sua companhia aérea para mais informações sobre os seus voos.

    Os aeroportos administrados pelo governo do Estado operam normalmente:

    • Capão da Canoa
    • Carazinho
    • Erechim
    • Passo Fundo
    • Rio Grande
      Santo Ângelo
    • Torres
    • Canela

    Os aeroportos administrados pela CCR aeroportos operam normalmente:

    • Bagé
    • Pelotas
    • Uruguaiana

    Aeroportos municipais

    • Caxias do Sul: operação normal.
    • Santa Cruz do Sul: operação normal.
    • Santa Maria: operação normal.

    Portos

    • Porto de Porto Alegre: mantém suspensas as operações, em razão da manutenção do nível do Lago Guaíba acima da chamada cota de inundação.
    • Porto de Pelotas: operando normalmente.
    • Porto do Rio Grande: operando normalmente.

    Travessia para São José do Norte: o serviço de transporte de veículos está operando normalmente. A travessia de passageiros foi retomada na manhã desta quarta-feira (29/5).

    Fonte: GOV RS

    Clique para comentar

    Deixe uma Resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Destaque APP

    Governador Eduardo Leite alerta para risco de inundações e deslizamentos no Rio Grande do Sul

    Publicado em

    em

    • O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, alertou na segunda-feira (17) para o risco de inundações e deslizamentos no estado devido às fortes chuvas previstas até quarta-feira (19).

    • Ele anunciou o reforço do efetivo das forças de segurança no Vale do Taquari, Vale do Caí, Serra Gaúcha e Litoral Norte para combater possíveis estragos causados pelas tempestades.

    Quatro aeronaves, embarcações e agentes militares estão sendo mobilizados para atuar em operações de resgate, incluindo veículos do Rio Grande do Sul e de São Paulo.

    • O governo gaúcho também buscará o apoio das Forças Armadas para colocar mais veículos à disposição.

    • Tropas especializadas em áreas deslizadas e cães de busca também estão sendo destacados para auxiliar nos esforços de resposta.

    • A Defesa Civil estadual emitiu boletins com alertas sobre a elevação dos rios Taquari, Caí, Paranhana, Cadeia e rio dos Sinos, recomendando que a população em áreas de risco procure abrigo seguro.

    Foto: Jurgen Mayrhofer

    Fonte: O Sul

    https://www.osul.com.br/governador-eduardo-leite-alerta…
    Continue lendo

    Destaque APP

    Instabilidade persiste no RS e alerta é para temporais nesta quarta

    Publicado em

    em

    Nesta quarta-feira (19), o Rio Grande do Sul poderá enfrentar instabilidade meteorológica significativa. Nuvens carregadas estão avançando de Oeste para Leste e ao Sul do Estado, trazendo consigo o risco de chuva localmente forte.

    As precipitações poderão ser torrenciais e acompanhadas de raios e trovoadas. Além disso, há possibilidade de temporais isolados, incluindo granizo e rajadas de vento forte. É importante salientar que, embora exista risco de chuvas intensas, estas não afetarão todas as cidades gaúchas. A maioria dos municípios não enfrentará temporais.

    Em Porto Alegre, o tempo será marcado por sol entre muitas nuvens durante o dia. A temperatura máxima será de 24°C e a mínima de 17°C. Já na Serra Gaúcha, podem ocorrer períodos de chuva, com temperaturas variando entre 17°C e 23°C.

    Fonte: Leouve

    Continue lendo

    Destaque APP

    Piloto de 9 anos morre após acidente de moto em competição em Interlagos, em São Paulo

    Publicado em

    em

    Um piloto argentino de apenas 9 anos morreu após sofrer um acidente durante uma competição de motovelocidade no autódromo de Interlagos, em São Paulo. Lorenzo Somaschini foi hospitalizado na sexta-feira (14) e faleceu na noite de segunda-feira (17).

    Ele era um dos participantes do SuperBike Brasil, que é um dos principais campeonatos de motovelocidade do mundo. O piloto disputava uma categoria voltada para crianças e adolescentes de 8 a 18 anos, com motocicletas de 160 cilindradas.

    Segundo a organização do evento, Lorenzo sofreu o acidente durante o primeiro treino livre no autódromo, na sexta-feira. O jornal argentino El Clarín afirmou que a criança bateu a cabeça após a queda. Lorenzo foi socorrido e levado por uma UTI móvel até o Hospital Geral da Pedreira, na capital paulista. No sábado (15), ele foi transferido para o Hospital Albert Einstein em estado grave.

    A imprensa argentina definiu Lorenzo como um prodígio do motociclismo argentino. Além disso, o piloto sonhava em chegar ao MotoGP e se tornar campeão mundial. Por meio de nota, o SuperBike Brasil disse que está prestando assistência à família do piloto desde o dia do acidente.

    “O SuperBike Brasil comunica, com muita tristeza e pesar, o falecimento do piloto Lorenzo Somaschini nesta segunda-feira (17/6), às 19h43. O argentino, natural de Rosário, estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo (SP), sob cuidados médicos intensivos e, infelizmente, não resistiu. A organização do SuperBike Brasil está prestando total assistência à família do piloto desde sexta-feira (14/6), quando o argentino teve uma queda durante o primeiro treino livre da Jr Cup, válido pela 4ª etapa do SuperBike Brasil, no Autódromo de Interlagos. Logo que caiu na saída do Pinheirinho, o piloto foi prontamente atendido no local pela equipe médica em ambulância UTI. Na sequência, foi encaminhado para a sala de emergência do autódromo, onde houve a estabilização do seu quadro clínico. Após esse procedimento, foi realizada a remoção médica, em unidade de suporte avançada (UTI móvel) para o Hospital Geral da Pedreira, onde permaneceu até a madrugada de sábado (15/6), seguindo todos os protocolos médicos até ser feita a transferência para o Hospital Albert Einstein.

    Todos da equipe do SuperBike Brasil estão consternados com o acontecimento e manifestam sinceros sentimentos a todos familiares e amigos de Lorenzo”, diz a nota.

    Fonte: O Sul

    Continue lendo