Conecte-se conosco

Destaque APP

Caso Bernardo: Mês de março será marcado pelo novo júri de Leandro Boldrini, em Três Passos

Publicado em

em

O mês de março, que está iniciando nesta quarta-feira, será marcado em Três Passos pelo novo júri do réu Leandro Boldrini, no âmbito do Caso Bernardo, que apura a morte do menino Bernardo Uglione Boldrini, em crime ocorrido no mês de abril de 2014.

O julgamento de Boldrini está marcado para ocorrer no dia 20 de março, a partir das 9h30min, no salão do júri do foro local. O julgamento será presidido pela juíza de direito, Sucilene Engler Audino, titular da 1ª vara judicial da comarca. Em julho do ano passado, no mesmo despacho que confirmou a data do novo julgamento, a magistrada negou o pedido de liberdade do réu, impetrado pela sua defesa.

O médico Leandro Boldrini é acusado de ser o mentor intelectual e de participar do homicídio do filho, Bernardo Uglione Boldrini, ocorrido em abril de 2014, quando o menino tinha 11 anos. Leandro, sua então companheira, Graciele Ugulini, e os irmãos Edelvânia e Evandro Wirganovicz, foram condenados em júri popular, no mês de março de 2019, também em Três Passos. O julgamento durou cinco dias e, ao final, Leandro foi condenado a 33 anos e 8 meses de prisão (30 anos e 8 meses por homicídio, 2 anos por ocultação de cadáver e 1 ano por falsidade ideológica).

ANULAÇÃO

Porém, em 10 de dezembro de 2021, por quatro votos a três, o 1º Grupo Criminal do Tribunal de Justiça do Estado anulou o julgamento e determinou que o médico tivesse um novo julgamento, em função da conduta do promotor de Justiça durante o interrogatório de Boldrini em plenário. Para o relator, desembargador Honório Gonçalves da Silva Neto, o promotor de Justiça não realizava perguntas, mas sim argumentações na ocasião do interrogatório de Boldrini.

“Inafastável, assim a conclusão de que houve quebra da paridade de armas, pois não teve a defesa a oportunidade de se contrapor à argumentação que não poderia ser deduzida por ocasião do ato processual que se realizava, afigurando-se evidente o prejuízo suportado pelo réu, com a utilização do interrogatório para antecipação da acusação, sem que fosse viável o contraditório que, diferido (para os debates), não repôs a igualdade entre as partes. Daí por que impositiva a declaração de nulidade do julgamento, relativamente ao réu Leandro, mas por tais fundamentos, exclusivamente”, escreveu Silva Neto em sua decisão.

No último mês de dezembro, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou recurso da defesa de Leandro e ele permanece preso.

Nos próximos dias o Tribunal de Justiça do RS deve realizar o cadastramento da imprensa para a cobertura do júri, que também será transmitido pelo canal do TJRS no Youtube. O julgamento acontecerá no salão do júri do foro da comarca de Três Passos.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque APP

Brigada Militar prende homem por porte irregular de arma de fogo e apreende máquinas caça níquel/jogos de azar em Tenente Portela.

Publicado em

em

Na noite de quinta-feira (29/02), policiais militares do 7° Batalhão de Polícia Militar (7°BPM), prenderam um homem por porte irregular de arma de fogo, e apreende máquinas caça níquel/ jogos de azar em Tenente Portela.

A ação ocorreu durante abordagem em um bar, e durante a revista foi localizado e apreendido uma arma de fogo, 6 munições intactas calibre 22, 8 máquinas caça níquel, 8 canivetes e 10 facas.

Diante dos fatos, os materiais foram apreendidos, e o preso conduzido até a Delegacia de Polícia.

Edição: Comunicação Social 7° BPM

Foto: Efetivo 7°BPM

Continue lendo

Destaque APP

Quadro clínico de criança atropelada em Coronel Bicaco é estável

Publicado em

em

Conforme atualização de familiares da vítima, a criança que foi atropelada por um veículo nesta quinta-feira em Coronel Bicaco apresenta quadro clínico estável.

A menina sente dores e está internada no Hospital Santo Antônio em Tenente Portela.

O acidente ocorreu no final da tarde desta quinta-feira. Um carro desgovernado atingiu a menina enquanto a mesma andava de bicicleta.

Fonte: Portal Bicaquense

Continue lendo

Destaque APP

3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar flagra a queima de 800 kg de fios de cobre em Barão de Cotegipe

Publicado em

em

Durante o patrulhamento, a equipe, do 3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar (BABM), flagrou, na quinta-feira (29/02), dois homens ateando fogo em uma grande quantidade de fios de cobre, em Barão de Cotegipe.

Os policiais militares avistaram uma intensa fumaça de cor preta, saindo de uma propriedade rural, no interior do município. No local, estavam dois indivíduos, que estavam próximos a um amontoado de fios em chamas.

Um dos homens, era o proprietário da área e informou aos policiais que havia queimado, aproximadamente, 800 quilos de cobre. Próximo ao local, estavam bags carregadas de cobre, já queimado, para o transporte.

O responsável pela queima possui uma empresa que compra sucatas e apresentou à equipe do 3º BABM a nota fiscal do produto. Porém, *diante do crime ambiental de poluição, os indivíduos receberam voz de prisão e foram conduzidos à Delegacia de Polícia*.

Os policiais militares auxiliaram na contenção das chamas e apagaram o fogo no local.

Comando Ambiental: o Braço Verde da Brigada Militar

Edição: Comunicação Social 3º BABM

Fotos: 3º BABM | 1º Sgt Franciele

Continue lendo