Conecte-se conosco

Destaque APP

Confusão durante partida de futebol em El Salvador deixa 12 mortos e centenas de feridos

Publicado em

em

Uma confusão durante uma partida de futebol em um estádio de El Salvador resultou na morte de 12 pessoas e dezenas de feridos, no sábado (20). O incidente aconteceu durante o jogo das quartas de final da liga salvadorenha entre os times Alianza e FAS. A disputa estava sendo realizada no estádio Cuscatlan, a cerca de 41 quilômetros da capital, San Salvador.

— Preliminarmente, temos 12 vítimas, nove que estão aqui no estádio e outras três que fomos informados estão em hospitais diferentes — disse à imprensa o diretor do Polícia Civil, Mauricio Arriaza.

O tumulto ocorreu aos 16 minutos do jogo, quando torcedores nas arquibancadas começaram a chamar a atenção de quem estava em campo, acenando e carregando os feridos para fora de um túnel e para o campo.

Imagens transmitidas pela televisão local mostraram as consequências da debandada dos torcedores do Alianza. Dezenas de pessoas chegaram ao campo, onde receberam tratamento médico. Os torcedores que conseguiram escapar da confusão permaneceram no local, agitando as camisas, tentando avaliar a situação das vítimas que estavam caídas na grama, sem movimento.

O porta-voz do grupo de resgate Comandos de Salvamento, Carlos Fuentes, disse que foram feitos mais de 500 atendimentos no estádio, que tem capacidade para cerca de 35 mil pessoas. As cem pessoas em estado mais grave foram transferidas para hospitais nacionais e para o Instituto Salvadorenho de Previdência Social, algumas apresentavam sinais de asfixia e outras “diferentes tipos de trauma”.

O presidente da primeira divisão de futebol de El Salvador, Pedro Hernández, informou que o tumulto ocorreu porque alguns torcedores conseguiram forçar a entrada por um dos portões do estádio.

Um voluntário do grupo de primeiros socorros, que preferiu não se identificar, relatou aos jornalistas que “foi uma avalanche de torcedores que invadiram o portão. Alguns ainda estavam sob o metal no túnel. Outros conseguiram chegar às arquibancadas e depois ao campo e foram sufocados”.

No local da incidente, o comissário da Polícia Nacional Civil, Mauricio Arriza Chicas, afirmou que será realizada uma investigação criminal em conjunto com a Procuradoria-Geral da República. Serão analisados desde a venda de ingressos até as entradas no estádio, com foco especial na zona sul, onde ocorreu o arrombamento do portão.

A Federação Salvadorenha de Futebol emitiu um comunicado lamentando profundamente o ocorrido e expressando solidariedade às famílias das vítimas.

Fonte: Observador Regional

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agricultura

Declaração Anual de Rebanho começa nesta segunda-feira no Estado

Publicado em

em

Começa nesta segunda-feira e prossegue até 14 de junho o período para os pecuaristas fazerem a Declaração Anual de Rebanho referente ao ano de 2024. A Declaração de Rebanho é uma obrigação sanitária de todos os produtores rurais gaúchos detentores de animais.

“Além do atendimento à legislação vigente, os dados nos dão embasamento para que tenhamos uma radiografia da distribuição das populações animais, das faixas etárias”, detalha a diretora do Departamento de Vigilância e Defesa Sanitária Animal da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (DDA/Seapi), Rosane Collares. Segundo ela, com os dados é possível ser mais assertivo nas políticas públicas de saúde animal.

Desde o ano passado, a declaração pode ser feita diretamente pela internet, em módulo específico dentro do Produtor Online. Caso prefira, o produtor também pode fazer o preenchimento nos formulários em PDF ou presencialmente nas Inspetorias ou Escritórios de Defesa Agropecuária, com auxílio dos servidores da Seapi e assinando digitalmente com sua senha do Produtor Online.

A Declaração Anual de Rebanho conta com um formulário de identificação do produtor e características gerais da propriedade. Formulários específicos devem ser preenchidos para cada tipo de espécie animal que seja criada no estabelecimento, como equinos, suínos, bovinos, aves, peixes, abelhas, entre outros.

No formulário de caracterização da propriedade, há campos como situação fundiária, atividade principal desenvolvida na propriedade e somatória das áreas totais, em hectares, com explorações pecuárias. Já os formulários específicos sobre os animais têm questões sobre finalidade da criação, tipo de exploração, classificação da propriedade, tipo de manejo, entre outros.

Em 2023, a declaração teve adesão de 84,19%, índice que se manteve condizente com a média de declarações de rebanho entregues nos anos anteriores.

Fonte: Correio do Povo

Foto: Fernando Dias/Seapi/Divulgação

MB Notícias

Continue lendo

Destaque APP

Polícia investiga homicídio ocorrido em Barra do Guarita no final de semana

Publicado em

em

Um homem foi morto a tiros na cidade de Barra do Guarita, na noite do último sábado (13). O crime aconteceu por volta das 22 horas.

Conforme o delegado da Polícia Civil, Roberto Fagundes Audino, informações preliminares obtidas pela polícia dão conta de que homens teriam passado pela rua e efetuado pelo menos seis disparos contra a vítima, que estava no interior de sua residência.

A vítima, de 52 anos de idade, foi atingida e não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito. O delegado Audino informa que a polícia já iniciou o trabalho de investigação para apurar a autoria e as motivações do crime, e diligências devem acontecer nesta manhã de segunda-feira (15).

Fonte: Rádio Alto Uruguai

Foto: MB Notícias

Continue lendo

Destaque APP

Entre Chapecó e Maravilha: Motorista ultrapassa viatura da PRF e acaba com o veículo guinchado

Publicado em

em

Carro ainda levava duas crianças, de quatro e sete anos, sem cadeirinha e dispositivo de retenção adequado.

Um fato chamou a atenção dos Policiais Rodoviários Federais na manhã deste domingo (14) na BR-282 bem próximo ao município de Pinhalzinho, no Oeste de Santa Catarina. Durante ronda, entre os trechos de Chapecó e Maravilha, um veículo Peugeot ultrapassou a viatura e nesse momento foi observado pelos policiais que os dois ocupantes da frente do veículo não faziam uso do cinto de segurança. 

“Realizada a abordagem, verificou-se também, que vinham no banco de trás duas crianças menores de 04 e 07 anos.

Elas estavam sem cadeirinha e dispositivo de retenção adequado previsto na lei. Instado a fazer uso do cinto, o condutor, que viajava de Pinhalzinho para Maravilha, informou que o dispositivo estava travado, restando, portanto, inoperante. Em razão do comprometimento da segurança e da impossibilidade de regularização do item defeituoso no local da infração, o veículo foi removido ao pátio do guincho conveniado”, detalhou a PRF.

Segundo a PRF, o condutor foi autuado por:

deixar de usar cinto de segurança.

– ausência de dispositivo de retenção adequado aos menores, e;

– equipamento obrigatório inoperante.

Fonte:Clic RDC

Continue lendo