Conecte-se conosco

Destaque APP

Peixes são encontrados mortos em Venâncio Aires; suspeita é de descarte irregular de fezes de porco

Publicado em

em

A suspeita é que o caso tenha acontecido há mais dias em razão do avançado estado de decomposição. Contaminação de cursos d’água é crime ambiental que gera responsabilização civil e penal.

Dezenas de peixes foram achados mortos no Arroio Sampaio, na localidade de Linha Sampaio, no interior de Venâncio Aires, a 129 Km de Porto Alegre. Os animais foram encontrados na manhã de terça-feira (3). A prefeitura suspeita que criadores de porcos para comercialização tenham jogado esterco dos animais na água.

De acordo com a fiscal ambiental da Secretaria do Meio Ambiente de Venâncio Aires, Clarissa Sthal Gomes, a localidade faz divisa com Santa Clara do Sul e por isso é possível que a infração tenha sido cometida lá. A prefeitura da cidade vizinha também trabalha pra entender o que aconteceu.

Clarissa diz que não é possível precisar a quantidade de peixes mortos. A suspeita é que o caso tenha acontecido há mais dias em razão do avançado estado de decomposição. “Não podemos constatar quantos morreram pela contaminação, mas é possível que chegue na casa da centena”, diz.

O secretário de Meio Ambiente, Nilson Lehmen, pediu para os produtores rurais terem cuidado com o manuseio deste tipo de resíduo.

“Precisamos redobrar a atenção para que não ocorram casos como o de hoje [terça]. A secretaria está sempre aberta para a orientação educativa”, afirma.

A contaminação de cursos d’água é um crime ambiental que gera responsabilização civil e penal. Por se tratar de um curso hídrico que circunda dois municípios, a denúncia também foi encaminhada para a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) que vai determinar como segue a investigação.

Prefeitura suspeita que esterco suíno, vindo de criação comercial, tenha causado a morte de peixes.

Fonte: RD Foco

Foto: Prefeitura de Venâncio Aires/Divulgação

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque APP

Brigada Militar prende homem por porte irregular de arma de fogo e apreende máquinas caça níquel/jogos de azar em Tenente Portela.

Publicado em

em

Na noite de quinta-feira (29/02), policiais militares do 7° Batalhão de Polícia Militar (7°BPM), prenderam um homem por porte irregular de arma de fogo, e apreende máquinas caça níquel/ jogos de azar em Tenente Portela.

A ação ocorreu durante abordagem em um bar, e durante a revista foi localizado e apreendido uma arma de fogo, 6 munições intactas calibre 22, 8 máquinas caça níquel, 8 canivetes e 10 facas.

Diante dos fatos, os materiais foram apreendidos, e o preso conduzido até a Delegacia de Polícia.

Edição: Comunicação Social 7° BPM

Foto: Efetivo 7°BPM

Continue lendo

Destaque APP

Quadro clínico de criança atropelada em Coronel Bicaco é estável

Publicado em

em

Conforme atualização de familiares da vítima, a criança que foi atropelada por um veículo nesta quinta-feira em Coronel Bicaco apresenta quadro clínico estável.

A menina sente dores e está internada no Hospital Santo Antônio em Tenente Portela.

O acidente ocorreu no final da tarde desta quinta-feira. Um carro desgovernado atingiu a menina enquanto a mesma andava de bicicleta.

Fonte: Portal Bicaquense

Continue lendo

Destaque APP

3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar flagra a queima de 800 kg de fios de cobre em Barão de Cotegipe

Publicado em

em

Durante o patrulhamento, a equipe, do 3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar (BABM), flagrou, na quinta-feira (29/02), dois homens ateando fogo em uma grande quantidade de fios de cobre, em Barão de Cotegipe.

Os policiais militares avistaram uma intensa fumaça de cor preta, saindo de uma propriedade rural, no interior do município. No local, estavam dois indivíduos, que estavam próximos a um amontoado de fios em chamas.

Um dos homens, era o proprietário da área e informou aos policiais que havia queimado, aproximadamente, 800 quilos de cobre. Próximo ao local, estavam bags carregadas de cobre, já queimado, para o transporte.

O responsável pela queima possui uma empresa que compra sucatas e apresentou à equipe do 3º BABM a nota fiscal do produto. Porém, *diante do crime ambiental de poluição, os indivíduos receberam voz de prisão e foram conduzidos à Delegacia de Polícia*.

Os policiais militares auxiliaram na contenção das chamas e apagaram o fogo no local.

Comando Ambiental: o Braço Verde da Brigada Militar

Edição: Comunicação Social 3º BABM

Fotos: 3º BABM | 1º Sgt Franciele

Continue lendo