Conecte-se conosco

Destaque APP

Preso em Butiá homem suspeito de enforcar um cachorro

Publicado em

em

A Justiça gaúcha determinou, nessa quinta-feira (1º/9), a prisão preventiva de um homem, morador em Butiá, suspeito de enforcar um cachorro. A conversão da prisão de flagrante para preventiva foi da Juíza de Direito Priscila Anadon Carvalho, da Comarca local – em decisão mais tarde mantida pelo TJRS.

Conforme informação que consta no despacho da magistrada, policial civil que participou do flagrante encontrou o animal morto, com a corda no pescoço, no pátio da residência do suspeito. Na ocasião, o homem teria confirmado ao agente que matou o cão porque este havia comido uma galinha.

Na decisão, a Juíza registrou a “extrema crueldade” do ato e a presença de indícios de autoria e periculosidade do suspeito, agressividade e desprezo pela vida, que justificam a detenção.

“Há grandes indícios de que o flagrado possa voltar a delinquir da mesma forma, na medida em que não reconhece o dever de cuidado que possui ao manter sob sua guarda um animal doméstico, tratando-o como objeto, descartando-o quando entendeu conveniente, e, como se não bastasse, utilizando-se de uma forma deveras cruel”, disse a julgadora.

Negativa

Horas depois da decretação da prisão preventiva, a Desembargadora Rosaura Marques Borba, em plantão, negou habeas corpus com pedido de soltura do suspeito. Ela destacou na análise que a forma qualificada do delito de maus-tratos contra cães e gatos foi instituída pela Lei 14.064/2020, “no anseio da sociedade para que fossem viabilizadas formas de assegurar a integridade física dos animais domésticos”.

Sobre o caso, entende que os fatos constantes no inquérito policial são “gravíssimos” e o fato de expor o cachorro enforcado “como se um troféu” denotam em princípio “nível de periculosidade incompatível com a confiança que deve ser depositada na pessoa do detido”.

A prisão foi confirmada em audiência de custódia realizada hoje (2/9).

Fonte: RD Foco

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque APP

Brigada Militar prende homem por porte irregular de arma de fogo e apreende máquinas caça níquel/jogos de azar em Tenente Portela.

Publicado em

em

Na noite de quinta-feira (29/02), policiais militares do 7° Batalhão de Polícia Militar (7°BPM), prenderam um homem por porte irregular de arma de fogo, e apreende máquinas caça níquel/ jogos de azar em Tenente Portela.

A ação ocorreu durante abordagem em um bar, e durante a revista foi localizado e apreendido uma arma de fogo, 6 munições intactas calibre 22, 8 máquinas caça níquel, 8 canivetes e 10 facas.

Diante dos fatos, os materiais foram apreendidos, e o preso conduzido até a Delegacia de Polícia.

Edição: Comunicação Social 7° BPM

Foto: Efetivo 7°BPM

Continue lendo

Destaque APP

Quadro clínico de criança atropelada em Coronel Bicaco é estável

Publicado em

em

Conforme atualização de familiares da vítima, a criança que foi atropelada por um veículo nesta quinta-feira em Coronel Bicaco apresenta quadro clínico estável.

A menina sente dores e está internada no Hospital Santo Antônio em Tenente Portela.

O acidente ocorreu no final da tarde desta quinta-feira. Um carro desgovernado atingiu a menina enquanto a mesma andava de bicicleta.

Fonte: Portal Bicaquense

Continue lendo

Destaque APP

3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar flagra a queima de 800 kg de fios de cobre em Barão de Cotegipe

Publicado em

em

Durante o patrulhamento, a equipe, do 3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar (BABM), flagrou, na quinta-feira (29/02), dois homens ateando fogo em uma grande quantidade de fios de cobre, em Barão de Cotegipe.

Os policiais militares avistaram uma intensa fumaça de cor preta, saindo de uma propriedade rural, no interior do município. No local, estavam dois indivíduos, que estavam próximos a um amontoado de fios em chamas.

Um dos homens, era o proprietário da área e informou aos policiais que havia queimado, aproximadamente, 800 quilos de cobre. Próximo ao local, estavam bags carregadas de cobre, já queimado, para o transporte.

O responsável pela queima possui uma empresa que compra sucatas e apresentou à equipe do 3º BABM a nota fiscal do produto. Porém, *diante do crime ambiental de poluição, os indivíduos receberam voz de prisão e foram conduzidos à Delegacia de Polícia*.

Os policiais militares auxiliaram na contenção das chamas e apagaram o fogo no local.

Comando Ambiental: o Braço Verde da Brigada Militar

Edição: Comunicação Social 3º BABM

Fotos: 3º BABM | 1º Sgt Franciele

Continue lendo