Conecte-se conosco

Destaque APP

Tratamento contra glaucoma afastou 1,3 milhão do risco de cegueira

Publicado em

em

Dados do Conselho Brasileiro de Oftalmologia indicam que, nos últimos cinco anos, profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) afastaram pelo menos 1,3 milhão de brasileiros do risco de cegueira por glaucoma. A doença é a maior causa evitável de cegueira no mundo. De acordo com a entidade, entre 2019 e 2022, tratamentos clínicos e cirúrgicos contra a doença beneficiaram, em média, 289 mil pacientes de todas as regiões brasileiras anualmente.

O Nordeste acumula o maior volume de procedimentos no período, com uma média anual de 143,3 mil pessoas atendidas com pelo menos uma das duas abordagens terapêuticas. Na sequência aparecem, com as seguintes médias: Sudeste, com 112,5 mil casos; Sul, com 19,9 mil; Norte, com 12,3 mil; e Centro-Oeste, com quase 2 mil pacientes atendidos.

De acordo com o levantamento, no topo do ranking de produtividade estão as seguintes médias por ano: Minas Gerais, com 70,5 mil pacientes beneficiados; Bahia (56,9 mil casos); São Paulo (36 mil); Pernambuco (32,8 mil); e Paraíba (18 mil).

Cirurgias

“Além dos tratamentos clínicos, pacientes com glaucoma, com maior comprometimento, também puderam recorrer a diferentes tipos de cirurgia por meio do SUS na tentativa de frear o avanço da doença. No período analisado, a cada dia, 45 pessoas que lutam contra o glaucoma reduziram o risco da cegueira dessa forma”, destacou o conselho.

Os dados mostram ainda que o SUS registra um total de 68.250 cirurgias para glaucoma. Em 2022, foram 19.592 intervenções, quase 20% a mais do que foi realizado em 2021. Já em 2020, ponto alto da emergência em razão da pandemia de covid-19, o volume de procedimentos desse tipo caiu 25% em relação ao ano anterior.

A doença

Segundo o conselho, o glaucoma surge em consequência do aumento da pressão intraocular, que gera perda da visão pela destruição gradativa do nervo óptico, estrutura que conduz as imagens da retina ao cérebro. “A depender do quadro do paciente, as intervenções clínicas e ou cirúrgicas podem suspender a progressão da doença, mas não são capazes de recuperar a parcela da visão já comprometida.”

Estudos estimam que de 1 a 2% da população mundial convivem com o glaucoma. As projeções indicam que 111,8 milhões de pessoas podem sofrer com a doença até 2040 em todo o mundo. 

Foto: Tony Winston/Agência Saúde-DF

Fonte: RD Foco

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque APP

Mulher é presa com 50 quilos de maconha em mala na rodoviária de Três Passos

Publicado em

em

Agentes da Delegacia de Polícia Civil de Três Passos, na noite desta quinta-feira (18), prenderam, na Rodoviária de Três Passos, uma mulher que estava transportando aproximadamente 50 kg de maconha.

A mulher foi encaminhada ao Presídio de Três Passos.

Fonte: Polícia Civil

Continue lendo

Destaque APP

Brigada Militar apreende cigarros de origem estrangeira em Humaitá.

Publicado em

em

Na manhã desta sexta-feira (19/04), policiais militares do 7ºBPM, apreenderam um veículo carregado com 500 maços de cigarros de origem estrangeira no interior de Humaitá.

Diante dos fatos, o veículo e a mercadoria foi apreendida ficando a disposição da Receita Federal.

Estima-se que o prejuízo total ao crime foi de R$ 11.545,00.

Edição: Comunicação Social 7ºBPM
Foto: Efetivo 7°BM

Continue lendo

Destaque APP

Pai esfaqueia filho durante briga em Passo Fundo

Publicado em

em

Na noite desta quarta-feira (17), uma briga entre pai e filho terminou com um esfaqueado na Avenida Cruzeiro do Sul, no bairro Integração em Passo Fundo. Segundo informações obtidas pela reportagem policial da Rádio Uirapuru, durante patrulhamento tático motorizado, uma equipe da Força Tática foi despachada pela Sala de Operações 190 para deslocar-se até a Avenida Cruzeiro do Sul, em resposta a uma ocorrência de briga entre pai e filho, na qual uma das partes já estava ferida por arma branca (faca).

No local, os policiais fizeram contato com o pai, que estava na via pública em frente à residência, e ele informou que ele e seu filho teriam entrado em luta corporal, e que para se defender, utilizou uma faca de serra, acertando o filho, sem precisar a região específica do corpo. A ambulância do Corpo de Bombeiros Militar socorreu a vítima ferida ao Hospital São Vicente de Paulo (HSVP). O pai apresentava sinais de embriaguez e uma lesão na região do rosto, especificamente na sobrancelha esquerda, mas recusou atendimento médico no momento.

Diante dos fatos, o pai foi encaminhado para o registro de ocorrência na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). No hospital, foi informado que a lesão da vítima estava na região do peito, próximo ao lado direito, e aparentava ser superficial. A vítima recebeu atendimento na emergência para sutura e precisou ser sedada devido ao seu estado alterado. O pai não manifestou desejo de representar criminalmente contra seu filho.

Fonte: Rádio Uirapuru

Continue lendo