Conecte-se conosco

Agricultura

Inep altera cronograma do Censo Escolar da Educação Básica 2023

Publicado em

em

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou hoje (6), no Diário Oficial da União, portaria alterando algumas datas do cronograma de atividades do Censo Escolar da Educação Básica 2023.

O censo é a principal pesquisa estatística da educação básica no país. Os dados coletados no levantamento servem de base para o repasse de recursos do governo federal e para o planejamento e divulgação de dados das avaliações realizadas pelo Inep.

O levantamento – dividido em duas etapas – também auxilia na compreensão da situação educacional do país e no acompanhamento da efetividade das políticas públicas, uma vez que são apuradas informações sobre os estabelecimentos de ensino, turmas, alunos, gestores e profissionais em sala de aula.

Com as alterações divulgadas nesta segunda-feira, em Brasília, agora a disponibilização do Sistema Educacenso para declaração de dados será no dia 31 de maio próximo. No calendário anterior, o início estava previsto para 24 de maio. No dia 31 de maio, também terá início a coleta de dados da Matrícula Inicial, compreendendo os processos de digitação e exportação. O prazo para o encerramento da coleta será no dia 31 de julho deste ano.

Já o envio dos dados preliminares ao Ministério da Educação para publicação no Diário Oficial da União passará de 18 de agosto para o dia 23 do mesmo mês.

O envio ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) dos dados finais homologados do Censo Escolar da Educação Básica 2023, para o cálculo dos coeficientes de distribuição do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), passará do dia 8 de dezembro para o dia 10 do mesmo mês.

Dados finais

Outra data alterada diz respeito ao envio ao Ministério da Educação de dados finais declarados e homologados do Censo Escolar da Educação Básica 2023, que deverá ser feito agora no dia 11 de dezembro. O cronograma anterior previa esse envio no dia 8 de dezembro. A preparação dos dados finais para divulgação agora será feita no período de 11 de dezembro de 2023 a 26 janeiro de 2024.

A divulgação das Sinopses Estatísticas da Educação Básica pelo Inep será feita no dia 31 de janeiro do próximo ano.

A portaria também altera o cronograma para a coleta dos dados de rendimento e movimento escolar dos alunos declarados na primeira etapa de coleta do Censo Escolar 2023, compreendendo a digitação e exportação de dados, que deverá ser realizada entre 1º de fevereiro e 11 de março de 2024.

Taxas de rendimento

A disponibilização das taxas de rendimento preliminares e dos relatórios por escola no módulo Situação do Aluno, para conferência, ratificação e retificação de eventuais erros, pelos gestores municipais e estaduais será feita no dia 1º de abril do próximo ano.

A disponibilização do módulo Situação do Aluno para conferência, ratificação e retificação de eventuais erros também será aberta nessa data, com previsão de término no dia 15 de abril.

No mesmo período será executada a conferência, ratificação e retificação de eventuais erros nas informações prestadas no período de coleta da Situação do Aluno 2022.

A portaria altera ainda as datas para a verificação final dos dados processados após o período de conferência, ratificação e retificação de eventuais erros, no módulo Situação do Aluno, que será promovida de 16 a 30 de abril de 2024.

Já a disponibilização dos relatórios por escola no módulo Situação do Aluno, contendo os dados finais de rendimento e movimento escolar, será no dia 10 de maio do próximo ano. Por fim, a divulgação dos indicadores de rendimento escolar no portal do Inep será no dia 10 de maio de 2024.

Fonte: Agência Brasil

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agricultura

Brigada Militar flagra retirada ilegal de Araucárias em Mato Castelhano

Publicado em

em

Após receber uma denúncia anônima, a Brigada Militar, através do 3º Batalhão Ambiental (BABM), flagrou, nesta quinta-feira (13/06), um caminhão carregado de toras de araucárias (Araucaria angustifolia), em Mato Castelhano.

Os policiais militares chegaram no local e identificaram uma serraria, a qual já havia sido autuada por irregularidades. Um caminhão, marca Mercedes-Benz, estava estacionado no local e carregava quatro toras de Araucárias, as quais iriam ser serradas. O proprietário da serraria não apresentou o documento de origem florestal (DOF) da madeira.

A madeira e o caminhão foram apreendidos, conforme Termo de Apreensão.

Após diligências, a equipe do 3º BABM identificou o local que as Araucárias foram cortadas, área localizada também no município de Mato Castelhano. A destruição atingiu 4.400 metros quadrados de vegetação nativa, pertencente ao Bioma Mata Atlântica. Sendo localizadas mais 11 toras de araucárias, com volume de 15,82 metros cúbicos. Os proprietários da área não possuíam autorização para o manejo florestal e as toras foram apreendidas.

O volume total de araucárias retiradas de forma ilegal foi de 23,26 metros cúbicos

Os responsáveis responderão pelos crimes contra a flora.

Fotos: 3º BABM | Passo Fundo

Fonte: Comunicação Social 3º BABM

Por Observador Regional

Continue lendo

Agricultura

Produtores gaúchos recebem doações de alimentos para os animais

Publicado em

em

A Associação dos Criadores de Gado Holandês do Rio Grande do Sul (Gadolando), com apoio da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi) e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural e Associação Sulina de Crédito e Assistência Rural (Emater/RS-Ascar), está realizando a entrega de doações de alimentos para animais, oriundas de vários estados do Brasil. São distribuídas bolas de 500 quilos cada, de pasto pré-secado, feno e silagem, além de ração para gado de leite, aveia preta e ração para suínos e equinos.

O gerente regional adjunto da Emater/RS-Ascar de Lajeado, Carlos Augusto Lagemann, explicou que a entidade atende a 55 municípios dos Vales do Taquari e do Caí e recebe as doações que chegam do norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e outros estados. “Nós distribuímos para os produtores que tiveram perda de alimento, devido a muitas pastagens perdidas.”

“Aqui em Lajeado temos uma bacia leiteira importante, uma das mais antigas do Rio Grande do Sul. Os colegas da Emater fazem o levantamento das demandas mais urgentes e encaminham para a coordenação regional. Temos vários centros de distribuição: em Lajeado, Arroio do Meio, Vespasiano Corrêa, Montenegro e Teutônia, entre outros. Até agora já devem ter chegado algumas centenas de toneladas de alimento”, disse Lagemann.

A vice-presidente técnica da Gadolando, Bruna Schiefelbein, disse que a ação está sendo realizada desde 2 de maio e não tem prazo para terminar. “Tinha muita gente querendo doar e não sabia como. Então, organizamos a logística, a Emater fez um levantamento para ver quem eram os produtores mais afetados para fazer a rede de distribuição. Foi 99% de alimento doado, não colocamos dinheiro algum. A Seapi está ajudando na distribuição, com os caminhões em Lajeado, onde a empresa Ordemax, que fabrica produtos para limpeza de ordenhadeiras, cedeu o espaço para o armazenamento das doações”, explicou. “Também temos pontos de distribuição em Soledade, Teutônia, Santa Cruz do Sul, Arroio do Meio e Doutor Ricardo, entre outros municípios”, destacou.

“As doações são principalmente para o gado leiteiro, mas outros animais também têm recebido, como gado de corte”, explicou Bruna. “Elas vêm de produtores de parte do Rio Grande do Sul e de outros estados como Goiás, São Paulo, Paraná e Santa Catarina. Até agora, chegaram mais de 150 carretas com doações de alimentos, o equivalente a R$ 3,5 milhões”, afirmou. Ela ressaltou que a maioria das doações veio de produtores de leite, mas também chegaram de algumas instituições e cooperativas, e de produtores de volumosos, como de feno e silagem. “Os alimentos chegam para aqueles produtores que foram afetados diretamente pelas enchentes e têm mais emergência em receber.”

Foto: Julia Chagas/Ascom Seapi

Fonte: Planalto News Por Rádio Blau Nunes

Continue lendo

Agricultura

Brigada Militar prende homem por tráfico de entorpecentes e recaptura foragido em Ijuí

Publicado em

em

A Brigada Militar, através do 29°BPM, na quinta-feira (6/6), no âmbito da operação Cerco Fechado, prendeu um homem por tráfico de drogas, no bairro Getúlio Vargas em Ijuí.

Durante patrulhamento pelo local conhecido como “Buraco do Getúlio”, equipes do policiamento, visualizaram um indivíduo, que ao perceber a aproximação dos policiais, empreendeu fuga se desfazendo de um invólucro.

O suspeito foi acompanhado e abordado, durante a busca pessoal e no invólucro dispensado, foram apreendidos:

  • 93 pedras de crack
  • 08 porções de maconha
  • R$ 34,00 reais

O indivíduo, natural de Ijuí, possuidor de antecedentes policiais por tráfico, roubo, furto, constava como foragido do sistema prisional.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao indivíduo, que foi encaminhado para a Delegacia de Polícia para lavratura do flagrante delito.

Texto: COMSOC 29°BPM
Foto: Força Tática

Por MB notícias

https://www.facebook.com/share/p/ko1rcEqJFHeSGAYo/?mibextid=oFDknk

Continue lendo