Conecte-se conosco

Destaque APP

Meteorologia alerta para atuação de novo ciclone extratropical na costa gaúcha

Publicado em

em

A semana, que começou com sol e tempo firme, deve terminar com chuva e atuação de um novo ciclone extratropical na costa do Rio Grande do Sul. A previsão é de que o fenômeno atinja o Estado na sexta-feira (7) e no sábado (8), mas com intensidade menor do que a do evento de 16 de junho, quando dezenas de cidades, especialmente, do Litoral Norte e da Região Metropolitana, sofreram com as fortes chuvas. 

A formação do ciclone, conforme explica a meteorologista da Climatempo, Josélia Pegorin, ocorrerá após a passagem de uma frente fria, que, tradicionalmente, já provoca chuva. Os acumulados de água devem variar de 100 milímetros a 150 milímetros na região da Grande Porto Alegre e no Litoral Norte.

— Chover 100mm a 150mm significa que em 48 horas teremos pelo menos 50% da média de chuva normal para julho nestas áreas—afirma Josélia.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as médias de chuva para essas regiões, considerando o período de 1991 a 2020 são: 

Porto Alegre: 163,5mm 

Torres: 121,8 mm

Bom Jesus: 128,4 mm

Caxias do Sul: 184,3 mm

Os meteorologistas monitoram ainda a formação de outro ciclone extratropical na costa gaúcha, entre os dias 11 e 12 de julho. Por ora, trata-se de “uma possibilidade”. 

— Devido ao aquecimento do Oceano Atlântico Subtropical é possível que durante o mês de julho ocorram formações mais frequentes de ciclones extratropicais. No entanto, é pouco provável que ocorram fenômenos da mesma magnitude do ocorrido em junho — afirma Eliana Klering,  professora de meteorologia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

Eliana destaca ainda que, mesmo já em atuação, o El Niño não tem interferência, neste momento, na formação dos ciclones. Caracterizado pelo aquecimento das águas do Oceano Pacífico, o fenômeno eleva as temperaturas do planeta e, neste ano, ainda pode evoluir para um nível “muito forte”, sendo classificado como “super El Niño”. Para o Rio Grande do Sul, o El Niño deve provocar mais chuvas a partir da primavera. 

Ciclone extratropical que atingiu o RS em 16 de junho deixou milhares de desabrigados e desalojados no Estado. Foto mostra situação vivida da cidade de Taquara.

Foto:Lauro Alves / Agencia RBS

Fonte: Gaúcha ZH/RD Foco

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque APP

Mulher é presa com 50 quilos de maconha em mala na rodoviária de Três Passos

Publicado em

em

Agentes da Delegacia de Polícia Civil de Três Passos, na noite desta quinta-feira (18), prenderam, na Rodoviária de Três Passos, uma mulher que estava transportando aproximadamente 50 kg de maconha.

A mulher foi encaminhada ao Presídio de Três Passos.

Fonte: Polícia Civil

Continue lendo

Destaque APP

Brigada Militar apreende cigarros de origem estrangeira em Humaitá.

Publicado em

em

Na manhã desta sexta-feira (19/04), policiais militares do 7ºBPM, apreenderam um veículo carregado com 500 maços de cigarros de origem estrangeira no interior de Humaitá.

Diante dos fatos, o veículo e a mercadoria foi apreendida ficando a disposição da Receita Federal.

Estima-se que o prejuízo total ao crime foi de R$ 11.545,00.

Edição: Comunicação Social 7ºBPM
Foto: Efetivo 7°BM

Continue lendo

Destaque APP

Pai esfaqueia filho durante briga em Passo Fundo

Publicado em

em

Na noite desta quarta-feira (17), uma briga entre pai e filho terminou com um esfaqueado na Avenida Cruzeiro do Sul, no bairro Integração em Passo Fundo. Segundo informações obtidas pela reportagem policial da Rádio Uirapuru, durante patrulhamento tático motorizado, uma equipe da Força Tática foi despachada pela Sala de Operações 190 para deslocar-se até a Avenida Cruzeiro do Sul, em resposta a uma ocorrência de briga entre pai e filho, na qual uma das partes já estava ferida por arma branca (faca).

No local, os policiais fizeram contato com o pai, que estava na via pública em frente à residência, e ele informou que ele e seu filho teriam entrado em luta corporal, e que para se defender, utilizou uma faca de serra, acertando o filho, sem precisar a região específica do corpo. A ambulância do Corpo de Bombeiros Militar socorreu a vítima ferida ao Hospital São Vicente de Paulo (HSVP). O pai apresentava sinais de embriaguez e uma lesão na região do rosto, especificamente na sobrancelha esquerda, mas recusou atendimento médico no momento.

Diante dos fatos, o pai foi encaminhado para o registro de ocorrência na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). No hospital, foi informado que a lesão da vítima estava na região do peito, próximo ao lado direito, e aparentava ser superficial. A vítima recebeu atendimento na emergência para sutura e precisou ser sedada devido ao seu estado alterado. O pai não manifestou desejo de representar criminalmente contra seu filho.

Fonte: Rádio Uirapuru

Continue lendo